sábado, 18 de fevereiro de 2012







Olhei-te, vi-te, desenhei-te em poema
Serias sonho ou realidade?
Não destrinço a barreira da verdade
Não sei se és o amor de um tema
Se sonho contigo e por ti estou envolvida.
Se acordo vejo-te dançando,
Em acácias floridas e de odores quentes
Teu toque arranca-me à imaginação...
Já perdida
Sinto calor a escorrer no meu corpo
Ainda bailando.
Olho as mãos e o desejo tão carentes
Pois meu voo é tão alto e profundo
Que lá do alto se espraia na beleza...
inexistente
Onde o corpo se banha e emana luz...
reluzente
E quando a alma já liberta
Se entrega trémula bem ao fundo
Olha para baixo e grita...
Este não é o meu mundo.



Garça Real






14 comentários:

M@ri@ disse...

Quando a alma grita,nada a pode calar...
lindas palavras que sua alma clama.
Deixo o meu carinho.
Deus abençoe

Fa menor disse...

Por vezes navegamos assim num mundo que não reconhecemos como nosso...

Bjos

Sonhadora disse...

Minha querida

Por vezes vagamos entre o sonho e a realidade...e o acordar é tão dorido.
Como sempre adorei.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

Guilherme Duarte disse...

"Olhei, vi-te
E desenhei-te em poemas"

Belíssima forma de desenhar uma pessoa ou o amor.

Querida Garça, gostei muito deste poema...ou seria um desenho?

Eduardo Aleixo disse...

Um belo poema, em que a alma sente a libertação verdadeira no casamento da estrela com a alga, do céu com a terra, dos anjos com as sementes,do perfume com o beijo dos corpos. Bonito.
Beijo.

poetaeusou . . . disse...

*
Belo,
e não foram só palavras que eu li . . .
como é belo desenhar um poema !
como é belo, “poetar” um desenho !
como é belo, odorar o sentir !
como é belo, reluzir a tua luz
e gritar que este mundo é bem nosso . . .
,
amigáveis pililipares, deixo .
*

São disse...

Que o teu vooo seja sempre alto e largo, linda.

Um bom domingo desejo.

Multiolhares disse...

a verdade e a ilusão são como o horizonte ao toque da nossa mão
bjs

A.S. disse...

No teu Lago Real a fantasia e a realidade são a mesma verdade! Deixemos que a fantasia permaneça vibrante... porque a realidade nos retira o brilho dos olhos!


Beijos,
AL

Belisa disse...

Olá

Beijinhos e estrelas doces...

Nilson Barcelli disse...

Por vezes, sentimo-nos noutro mundo, mas ter a alma livre é bom em qualquer mundo...
Belíssimo poema, gostei muito das tuas palavras.
Querida amiga, tem um bom domingo.
Beijos.

Porque Te Amo disse...

just like ;)

vieira calado disse...

Olá, bom dia!

Hoje é para desejar-lhe

um lindo

Dia da Mulher!

Bjsss

tulipa disse...

aqui neste LAGO
venho ao teu encontro
sinto-te ausente
espero por ti
pela tua bela poesia
que me encanta
sempre que pouso os olhos nela.

Ontem foi dia de passeio cultural, tirando proveito através da fotografia, para mais tarde recordar...
Em 5 horas fiz 380 fotos...puxa!!!
Em breve começarei a partilhar.

Obrigado pela visita aos meus blogues e pelos comentários deixados.
Beijos da Tulipa