domingo, 17 de julho de 2011







Pedes-me que meu beijo te deixe recados
Como flores pálidas em rosa transformada
Pingos da alma já orvalhados
Toque belo em noite sonhada.
O dia de festejo por ti lembrado
O poema escrito e bem rimado
A lágrima minha que tomba teimosa
Encharca a face empalidecida
Que ganha cor em hora silenciosa
Pois paira no ar o desabrochar
Que nasce do teu coração
Para no meu...
Poder sonhar, o festejo da união.





Garça Real






13 comentários:

Solange disse...

lindo..delicado e eterno..

bjs.Sol

O Árabe disse...

... e quantas recados, amiga, deixam os beijos no coração de quem ama! :) Boa semana.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Gostei de conhecer este blogue.
Voltarei.
Irene

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre uma prece de amor o teu poema.

Deixo o meu beijinho com carinho, agradecendo a tua amizade e apoio.

Rosa

Maria Clarinda disse...

Mais uma vez mergulhar e estar no teu lago,são momentos de paz... e tranquilidade!Jhs

AFRICA EM POESIA disse...

Paz
Amor e
Vida


Um beijooo

AFRICA EM POESIA disse...

Dia do AMIGO foi ontem mas para mim será todos os dias...
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

VOLTEI...

deixo poesia...

LAGO


Lago largo lindo e límpido
Olho a água e vejo os peixes
Olho a água e vejo-a azul e transparente
Ao longe...a ponte...

Ponte lembrando a forma de uma mulher...
Ponte serena e esplêndida...
Com formas firmes e fortes...\1\1\1\

E ao olhar:
...A água...
...O lago...
...A ponte...

Atravesso-a e consigo...
Sentir-te e abraçar-te!...


Lili Laranjo

O Árabe disse...

Boa semana, amiga. Aguardo o novo post! :)

Pena disse...

Preciosa e Notável Poetiza Amiga de Sonho:
Mais um poema doce e extraordinário do seu sentir poético fabuloso.
Parabéns, por esta mágica "explosão" de encanto em versos sublimes e fantásticos.
Bem-Haja, pela sua preocupação comigo que agradeço emocionado.
É genial e, sabe, porquê?
Escreve de forma admirável, perfeita e fabulosa.
Abraço amigo de respeito e elevada estima.
Sempre a admirar o brilhantismo de si e do que faz de forma que transcende de beleza e pureza ímpares.
Adorei.
Sem palavras mais dado o fascínio e carinho como se dedica à escrita de sonho que todos adoram.


pena

Eduardo Aleixo disse...

Poema de versos pétalas de cheiros esmaecidos que recolhem as gotas do orvalho das lembranças do tempo do poema perfeito que, lembrado, faz desabrochar como rosa o teu coração que se abre perfumado à aurora da esperança e faz desaparecer as lágrimas como as névoas que se dissipam face ao surgimento da luz promissora do sonho revivido e da vida do amor sempre renovaamente sonhado. Gosto da tua poesia simples e de coração aberto como as rosas.

gaivota disse...

uma lágrima caída neste teu lago de garças reais!
bonito, amiga!
beijinhos

Maria Clarinda disse...

(...)Pingos da alma já orvalhados
Toque belo em noite sonhada.

Lindo, mais uma vez saio em paz depois de me me refrescar no teu lago. Jhs