domingo, 15 de maio de 2011






Esperei até que os sonhos voassem
Olhei o céu até que estrelas brilhassem
Num voo lento mas cheio de alento
Vi-te a olhar para mim
Numa asa que esperou por ti.
Ao longe as nuvens aclaram
Tecem beleza em desenhos sonhados
Afagam-me em tons pastel esmaecidos
Pois não sabem que os corações sonharam
Que encontraram desejos quentes já perdidos
De beijos doces amaciados
Que escorrem no corpo em momentos esperados
E pedem à vida a loucura eterna
Do viver para não morrer
E em ti....
Respirar a vida do sobreviver.




Garça Real




26 comentários:

Solange disse...

por que será, que na maioria das vezes, poetamos por um amor que está longe?

lindo demais..

bjs.Sol

Sonhadora disse...

Minha querida

Que esse amor te encontre e que o sonho seja vivido e revivido, como sempre adorei e deixo o meu beijinho carinhoso e que estejas recuperando bem.

Sonhadora

sonho disse...

Encantos...desencantos...chegadas e partidas...o amor...
Beijo d'anjo

O Árabe disse...

A vida do sobreviver... tão mais doce, com o amor! :) Boa semana, amiga.

Pena disse...

Estimada e Valiosa Poetiza Amiga:
"...Esperei até que os sonhos voassem
Olhei o céu até que estrelas brilhassem
Num voo lento mas cheio de alento
Vi-te a olhar para mim
Numa asa que esperou por ti..."

A sua poesia fascina por ser demasiado bela e mágica.
Parabéns sinceros.
Escreve de forma fabulosa e extraordinária.
Parece, dá a sensação, de ter passado a vida a fazer versos geniais.
Abraço amigo de respeito imenso.
Sempre a admirá-la

pena

É fantástico no que concebe de deslumbrar.
Adorei, poetiza amiga de sonho.
Parabéns.

Paulo disse...

Foi bom passar pelo Lago Real para ler dos corações que sonham que tecem belas palavras que forma magníficos poemas. Parabéns :-)

Beijinho *_*

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

gaivota disse...

é sempre bom passar por aqui e ler as tuas palavras, para longe...
beijinhos

O Árabe disse...

Boa semana, amiga; aguardo o novo post. :)

Eduardo Aleixo disse...

Voo de garça, em direcção ao sonho e ao azul celeste, mas com o bico virado espreitando por debaixo das asas o acenar do teu amado. Poesia amorosa a tua, melancolica, serena e suave, de cores outonais com aberturas de ceu ao azul da primavera. Que ela venha e haja festa sobre o lago e nas suas margens. Unm beijo terno.

gaivota disse...

minha querida amiga, por enquanto está tudo na mesma, ou seja, continuo a fazer o tratamento injetável na barriga, 2 x ao dia, para poder prevenir hemorragias aquando da operação, que possivelmente será dia 8
Obrigada pelo teu cuidado, penso que esta semana que agora começa já saberei o dia certo
beijinhos

Pena disse...

Estimada e Preciosa Amiga Poetiza de Excelência:
"...Ao longe as nuvens aclaram
Tecem beleza em desenhos sonhados
Afagam-me em tons pastel esmaecidos
Pois não sabem que os corações sonharam
Que encontraram desejos quentes já perdidos
De beijos doces amaciados..."

Que poema mais delicioso, soberbo e fabuloso.
A poesia parece que nasceu consigo e brota de forma mágica com os dedos com que escreve como por magia.
Extraordinária.
Desculpe, sem ter culpa.
Beijinhos amigos de respeito e parabéns pela sua imensa significação poética para todos nós.
Sempre a admirá-la de forma gigantesca e enorme.

pena

Parece que tudo regressou à normalidade no meu blogue.
Espero que entenda?
Bem-Haja, pelo seu valor de ouro puro.
Adorei.
É uma poetiza fabulosa e perfeita.

Valter Montani disse...

Garça,

Como de costume, mais um lindo poema que tenho a satisfação de ler aqui no seu lago real, bjs e boa semana!

AFRICA EM POESIA disse...

GARÇA
Lindo o teu passar...

Voar e sonhar faz tão bem...
para o teu lago
desde Aveiro...


um beijo

Vieira Calado disse...

Perdi-me a ouvir a canção!...

Bjsss

O Árabe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Árabe disse...

Boa semana, amiga; aguardo o novo post. :)

Nilson Barcelli disse...

"Esperei até que os sonhos voassem
Olhei o céu até que estrelas brilhassem"
O início do poema é magnífco.
E todo ele vai crescendo, até terminar de uma forma brilhante
"E em ti....
Respirar a vida do sobreviver."
Gostei imenso, como é óbvio.
Beijos, querida amiga.

Pena disse...

Estimada Amiga Poetiza de Excelência:
É mágica e doce no que concebe de maravilhar e fascinar.
Leio tudo o que posso com a sua assinatura.
Bem-Haja, pela preciosa amizade.
MUITO OBRIGADO!
Abraço amigo de respeito, estima e consideração.
Sempre a admirá-la

pena

Notável e fantástica poetisa.
Sou muito seu amigo.
Bem-Haja, pelo talento que irradia.

Daniel disse...

Olá, obrigado pela visita no meu blog. Espero que retorne outras vezes.

A sua poesia descreve bem o que é a vida no seu dia a dia. Matamos um leão por dia para sobriviver, com paciência, com amor, perseverança.

Daniel

Dreamaster disse...

Cá tou eu, voando do mundo dos sonhos aqui para o teu cantinho.

Apesar de eu andar ausente aqui e ali, eu mantenho-me atento ao que vais fazendo e lendo os teus bonitos e sensuais poemas.

Li aqui num comentario q tás em recuperação. Espero que não tenha sido nada de grave.

Entretanto tá um lindo dia e decidi mudar o wallpaper do meu computador por uma imagem de um campo verdejante e grande e pra onde me apetecia correr q nem um logo he he he

Sinto a mudança no ar e apesar de só vermos coisas más na Tv e ouvir na radio, sinto que vem aí coisas muito boas.


I Keep An Eye On You ;)


Bejinhos
D.

Anónimo disse...

Lindo, lindo poema.
Bjs.

GarçaReal disse...

Amigo anónimo......????
Obrigada pela sua presença em meu Lago.

É sempre bom sabermos quem nos comenta....Mas ....


Bjgrande do Lago

Multiolhares disse...

o amor esta sempre presente nos nossos corações, mesmo quando já voou para longe do pensamento fica gravado na alma

espero que a garça já possa voar em pleno sobre o lago da vida
deito-te um abraço muito apertadinho e um beijinho no coração

O Árabe disse...

Boa semana, amiga; fica bem! :)

Perla disse...

É muito bom quando o céu sorri
:)

Bjos