sábado, 3 de julho de 2010







Esta noite vesti-me de nostalgia!
A meu lado ,
Num abraço ,um laivo forte de tristeza
Num toque empalidecido de solidão
Uma rajada de vento envolta em frieza,
E tombada no tapete, a sombra da magia.
O corpo sente a distância de um olhar,
O abandono terreno
Para no infinito voar.
E na negritude da noite já sem cor
Num minuto cego estendo a mão
Que já ignora os vestígios de dor
E num momento louco
Salva então...
O que ainda resta do coração.



Garça Real





25 comentários:

Multiolhares disse...

salvamos o coração quando despimos o manto de nostalgia, olhamos bem os nossos olhos ao espelho e ainda descobrimos a pureza da alma.
beijinhos com muito sol muita luz para o teu lago brilhar

MEU DOCE AMOR disse...

E resta tanto....

"A Disponibilidade de um Amor

a disponibilidade de um amor
nasce numa cratera de deus

anos antes, um pequeno corpo rochoso beijou
a pele do pátio e um pequeno estrondo, tal suspiro
saiu da sua boca, expirou

a brisa, breve e quente
esvoaça sobre os sulcos da terra
e leva consigo uma espera

hoje essa terra és tu
e um amor disponível é a espera
que espera algures por ti"

Jorge Reis-Sá, in "A Palavra no Cimo das Águas

Beijinho doce:)

Nilson Barcelli disse...

Não interessa se é louco o momento, o que interessa é salvar o que resta do coração...
Minha amiga, bom fim de semana.
Beijos.

Paulo disse...

Olá Garça Real ^^

Teu poema simples consegue ser tão envolvente e dizer muito mais para além das palavras, gostei. Destaco esta frase bem feminina que os meus olhos pousaram:

«O corpo sente a distância de um olhar»

beijinho de água fresca num Lago Real, bom fim de semana ^_^

Lis. disse...

Existem momentos
em que nos salvamos
até de nós mesmos.

Bjo.

Pena disse...

Maravilhosa e Extraordinária Poetiza de sonho:
"...Num toque empalidecido de solidão
Uma rajada de vento envolta em frieza,
E tombada no tapete, a sombra da magia.
O corpo sente a distância de um olhar,
O abandono terreno
Para no infinito voar..."

Um instante poético sublime.
O que "resta" do seu coração é pureza, encanto, ternura e beleza imensos, acredite?
Tem um doce e soberbo versejar de ouro. Parabéns. Apesar da tristeza sentida sobrevoa os seus sonhos com determinação e de forma admirável.
Excelente semana de sonhos.
Beijinhos mil de respeito e pura amizade.
Sempre a estimá-la pela beleza de si e do que concebe.
Adorei.
Bem-Haja, pela simpatia no meu blogue.

pena

Excelente!

O Árabe disse...

Muitas vezes, amiga, a nostalgia de hoje veste os nossos sonhos de ontem :(. Boa semana.

rosa dourada/ondina azul disse...

Lindo poema,
no último minuto quando tudo estava quase a perder-se,
surge... a Luz!


Beijo com amizade e carinho,

Nilson Barcelli disse...

Está tanto calor que vou pedir-te o lago emprestado para dar um mergulho...
Beijos, querida amiga.

Sonhadora disse...

Lago
Muito belo e sentido poema


Esta noite vesti-me de nostalgia!A meu lado ,
Num abraço ,um laivo forte de tristeza
Num toque empalidecido de solidãoUma rajada de vento envolta em frieza,

Adorei

Beijinhos
Sonhadora

A.S. disse...

No teu coração a vida renasce através das palavras que partilhas em momentos loucos de emoção!

BeijO
AL

poetaeusou . . . disse...

*
amiga
um belo poema
adorei
,
é denso
o breu da nostalgia
na distancia do enlaço,
abraço
de melancolia,
,
alagados pilipares
ntre jinos de amizade
,
*

Pena disse...

Maravilhosa e Genial Poetiza Amiga:
Há que criar um laço de amizade entre nós. Já poucos restamos. Dos bons. Se olhar à sua volta muitos já se foram. Restamos nós: os sobreviventes do sonho desejado.
Fez uma linda poesia.
"...Num minuto cego estendo a mão
Que já ignora os vestígios de dor
E num momento louco
Salva então...
O que ainda resta do coração..."

O seu versejar fascina. Tem Arte e qualidade imensas, acredite?
É brilhante no que constrói com doçura e inteligência.
Lê-la-ei SEMPRE!
É uma honra grandiosa estar aqui, neste espaço de maravilhar e de deslumbre.
Adorei.
Beijinhos mil pelo seu talento.
Com respeito e admiração sinceras. É ímpar.

pena

É um tesouro raro.

Perla disse...

Que o coração sempre seja salvo... para que ele venha, por sua vez, salvar.

Bonito aqui!

Bjins

São disse...

Se achamos que ainda há possível salvação, é meio caminho andado para a felicidade.

Bom fim de semana.

Luís Coelho disse...

Boa tarde
Agradeço a visita ao lidacoelho
Gostei deste poema que me pareceu extraordinariamente belo.
Vou seguir-te e aprender mais poesia que precisamos para viver cada dia

tossan disse...

Triste, porém belíssimo! Já fotografei uma garça, mas não sei dizer se real.

Vieira Calado disse...

Amiga!

Que depois da nostalgia

venha a alegria!

Bom fim de semana

Bjs

O Árabe disse...

Boa semana, amiga; fica bem!

O Árabe disse...

Boa semana, amiga; fica bem!

LOURO disse...

Olá"Garça Real"

Texto/poético,sublime...Gostei!!!
Obrigado pela visita e comentário.
Beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço

Dreamaster disse...

e cá estou eu :)


Muito bonito poema menina (as always) mas já seabes q gosto mais de comentar poemas mais positivos e uplifting e agora com o Verão ainda apetecem mais. Não concordas?


Uma boa semana pra minha menina do Lago.

Um beijinho fresquinho pra menina.
D.

Kimbanda disse...

O que resta ainda em teu coração, é muita ternura e belos sentimentos que dão lugar à sentida poesia que demandas de teu interior.
Chegou bem fundo em mim essa nostalgia, mas se tem sombra de magia, é porque ela existe e está bem explicita na tua forma de expressão sublime. Momento lindo que interiorizei.
Sinceros Kandandos

P.S.: Grato pela tua amabilidade lá na "Serra..."

Vento disse...

No espaço infinito as estrelas embora dispersas iluminam o universo, mesmo distantes uma da outra nunca se esquecem...

Sobra um rasto no universo que só o olhar mais perfeito consegue reconhecer.

Beijo

Vento disse...

Escreveste só...

Porquê?

Beijo