quinta-feira, 15 de julho de 2010



Leio em ti um bocejo de vida
Com o dedo toco a lágrima já caída
Sinto teu corpo quente... suado
Envolto num desejo querido ou amargurado
Num querer louco sem amarras
Onde estendes mãos num desejo violado
De palavras loucas, de momentos esperados
De ternos beijos
Não sei se roubados ...Se inesperados
Mas és tu!!!
Presente, mas distante
Amor louco sem rédeas
Entrega brutal de um amante
Onde o infinito
Escreve de ti a loucura vivente
Do sorriso nunca sorridente
Porque tens garras de viver
E cravas em mim o sabor da troca
Do morrer, para em ti ....
Na loucura poder sobreviver



Garça Real




23 comentários:

Luís Coelho disse...

Tantas coisas lemos nos outros que connosco vivem diariamente.
Para alem do que se vê, violamos até os desejos íntimos de alguem a quem queremos amar acima de tudo.

sérgio figueiredo disse...

Querida Amiga,

Permanece em ti o poder e a força das palavras que revelam o desejo de um amor vivo e desejoso de viver.

Sente-se o calor das tuas palavras.

bj...nho

São disse...

O poema transpira sensualidade e está bem escrito.

Mas, cuidado, não aconteça aqui o mesmo preconceito que aconteceu com Nilson Barcelli, que foi alvo de queixa, imagine-se, por causa do erotismo daquilo que publica!!!

Bom fim de semana.

poetaeusou . . . disse...

*
que lindo, amiga,
,
mergulhei
num mar de sensualidade,
esperando sobreviver,
á loucura que me invade,
gostei !
,
pilipares á solta, no lagoreal,
lanço-te daqui !
,
*

Nilson Barcelli disse...

O amor sem rédeas, do morrer ao sobreviver...
Excelente poema, querida amiga. Gostei imenso das tuas palavras, carregadas de sensualidade e sentir.
Bom fim de semana.
Beijo.

Sonhadora disse...

Minha querida
Um belo poema...nostálgico mas lindo.

Do morrer, para em ti .... Na loucura poder sobreviver

Ás vezes é mesmo isso, para podermos ser nós, temos que matar o outro no nosso sentir.

beijinhos
Sonhadora

gaivota disse...

o que tu lês! lindo poema cjeio de uma mística amor/sensualidade/erotismo(?)...
e toca a sobreviver, que é mesmo o que temos que fazer!!!
beijinhos

Gil Moura disse...

Queridos amigos

Depois de algum interregno nas visitas e comentários nos vossos blogues, por motivos de ordem pessoal, aqui estou de novo a visitar os vossos cantinhos como merecem.

Desejo um resto de domingo bem passado, e uma semana plena de paz, amor e felicidade.

Beijos e abraços

Mário

Pena disse...

Estimada Poetiza Amiga:
Um soberbo e extraordinário poema de evidente bom-senso e sobriedade gigante.
Somos todos um pouco assim, como escreve com beleza e encanto.
O Ser Humano que é, fá-lo com pureza.
Parabéns. Mais um poema dos muitos que arrebatam quem por aqui passa e deviam ser muitos.
Adorei.
Beijinhos de pura amizade sincera.
Sempre a admirar o que concebe poeticamente e sai de si com magia.

pena

Bem-Haja, excelente amiga.

MEU DOCE AMOR disse...

Qe poesia deliziosa e sensuale.

Mio Dio, proprio come la maggior parte:)))

Amore di consegna ...

La tua azienda

Dolce bacio

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, vim à procura de mais poemas teus...
Como não há, deixo-te "apenas" o desejo de um bom resto de semana.
Beijo.

Gil Moura disse...

Querida amiga

Como sempre, um belíssimo poema!

Um bom resto de semana

Beijinhos ternos

Gil

Lis. disse...

É sempre bom quando somos feitos presente. Estamos presentes, causamos as surpresas do indubitável presente.

Bjo.

Pena disse...

Oh, Terna Amiga Poetiza:
Fascina, quando escreve com imensa beleza e encanto.
Parabéns.
Um Maravilhoso fim-de-semana de deslumbrar. Merece, plenamente.
Beijinhos amigos de respeito ao seu talento gigante.
Sempre a admirá-la

pena

Nelson_Agadé disse...

Gostei muito.

Naty e Carlos disse...

"Nunca corra atrás de quem você ama. Simplesmente deixe que o tempo traga até ti quem realmente te ama..."
Uma Feliz Semana
BJS

Vento disse...

E no teu norte estou
à espera
de ti...


Beijo

Anónimo disse...

Bom saber que ainda és!

Um beijo enormissimo, num abraço saudoso.

Dias...

Pena disse...

Estimada e Brilhante Poetiza Amiga:
"...Num querer louco sem amarras
Onde estendes mãos num desejo violado
De palavras loucas, de momentos esperados
De ternos beijos
Não sei se roubados ...Se inesperados
Mas és tu!!!..."

A sua poesia fascina e arrebata.
Parabéns pelo seu sentir de deslumbre no que concebe com maravilha.
Parabéns.
"Potes" de Beijinhos amigos ao seu talento.
Com um respeito e admiração do tamanho do mundo.
É linda e escreve poemas de forma divinal.
Deslumbrado por tanto encanto seu.

pena

Bem-Haja, poetiza de bem.
Extraordinário.

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga do lago, bom resto de semana para ti (ou boas férias...).
Beijos.

O Árabe disse...

Intenso, amiga... e belo! :) Bom resto de semana.

Eärwen Tulcakelumë disse...

Maravilhoso saber que em nosso sangue ainda corre a essência da vida, a alma do poeta.
Sublime!!!
Pérolas incandescentes de carinho amigo entrego em tuas mãos.

Eärwen

Vento disse...

Quase podia jurar que senti os teus dedos a percorrer a minha pele...

Excelente poema

Beijo