terça-feira, 6 de outubro de 2009








Sentada na tarde amarelecida
Seguro trémula a rosa que ofereceste
Em outra tarde distante
Em que caminhava do sonho esquecida
E juraste que em meu olhar te perdeste.
A loucura de um momento amante
Apagado no tempo do tempo perdido
Da hora em que o minuto ficou esquecido
Pois o caminho era rude e enturpecido.
Uma lágrima talvez perdida da saudade
Tresmalhada tomba em saciedade
Nas pétalas secas que escondem
Talvez um segredo
Partido então para triste degredo.
Mesmo assim floresce um botão
Que tomba viçoso em minha mão
Talvez sinta que tenho alma louca
Porque ao beijá-lo....
Beijei a tua boca.




Garça Real





22 comentários:

O Árabe disse...

... e eis que a saudade, amiga, é em si mesma uma flor. Belo texto! Boa semana.

Eduardo Aleixo disse...

É um poema bem lindo de saudade e de esperança. Linda a flor. E lindos os lábios. Acho que a garça já voa e sorri. Bj

Nilson Barcelli disse...

"Mesmo assim floresce um botão
Que tomba viçoso em minha mão
Talvez sinta que tenho alma louca
Porque ao beijá-lo....
Beijei a tua boca."
Gostei de todo o poema. Mas o final, querida amiga, é de quem sabe e sente a poesia... muito bem.
Beijos.

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pena disse...

Estimada e Simpática Amiga Poetiza de sonho:
"...E juraste que em meu olhar te perdeste.
A loucura de um momento amante
Apagado no tempo do tempo perdido
Da hora em que o minuto ficou esquecido
Pois o caminho era rude e enturpecido.
Uma lágrima talvez perdida da saudade
Tresmalhada tomba em saciedade
Nas pétalas secas que escondem
Talvez um segredo
Partido então para triste degredo..."

Alguém a "marcou" na sua vida.
Lindo poema. Harmonioso. Repleto de uma sensibilidade doce.
Como pode alguém ser tão bela de tão puras emoções?
Fiquei deliciado.
Parabéns sinceros.
Adorei lê-la. Magistral.
Sempre no maior respeito.
Com estima e consideração imensas, fabulosa escritora amiga perfeita.
Beijinhos amigos

pena

Fiquei silenciado e maravilhado durante algum tempo olhando as suas palavras de sonho e de pasmo pela sua beleza e harmonia.
Excelente.
Bem-Haja, amiga!

O Profeta disse...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu

Onde param os teus anseios
Onde encontras a sublime calma
Nestes dias de dura tormenta
Onde aqueces a tua alma?

Voa comigo...


Mágico beijo

lua prateada disse...

...quão belo...a saudade duma rosa oferecida, coisa linda...
Amei...
Bjito com...SOL

Mário Margaride disse...

Mais um belíssimo poema, querida amiga.

A saudade, aliada sempre à esperança.

Beijinho, e um excelente fim de semana.

Mário

O Cantinho da Mimi disse...

Olá...

Dá uma espreitadela no meu log ;)
www.ocantinhodamimi.blogspot.com

Beijos*

Vento disse...

O esquecimento é um poder que não me pertence.

Rafeiro Perfumado disse...

Não deste um beijinho ao comando da TV, espero, é que esse tem muitos botões.

poetaeusou . . . disse...

*
sublime poema,
,
segredada rosa
de viçosa loucura,
alegre, segura,
bonita, formosa,
,
inundantes pétalas,
colorindo o belo lago.
deixo,
,
*

O Cantinho da Mimi disse...

Olá...
Sim, são feitos por mim ;)))

Obrigada,
Beijinhos gnds e bom fim de semana**

tulipa disse...

HOJE faço uma homenagem à minha sobrinha Tânia do Bookcrossing, falecida em Março passado:

Minha querida, um “grande amigo” recente, também da blogosfera, mas já real, em Abril passado, já depois da tua partida para sempre da minha vida, fez o percurso “Caminhos de Santiago” ( conheceu-te através de mim, do meu sofrimento, da partilha de emoções) e, juntamente com os seus companheiros de caminhada rezaram por ti e fizeram uma oferta pela tua alma, deixando no local um símbolo e umas florzinhas do campo.
LINDO, não é?
Aqui estão duas imagens desse “momento”.
Faço-te homenagem nos meus dois blogues, neste "teu dia".

Lis. disse...

O que poderá existir de melhor do que o gosto de um eterno beijo?

Multiolhares disse...

ainda que acabem pois na vida nada é eterno, os momentos de amor devem de ser eternizados no pensamento
beijinhos

Pena disse...

Maravilhosa e Linda Amiga Poetiza de sonho:
Escreve admiravelmente.
Com sensibilidade doce.
Falar de amor, como o faz, não é fácil, quando implica sentimentos recíprocos de entendimento ou saudade. Fá-lo com a sua pureza e beleza que me encantam-me.
É adorável. Extraordinária. Sensível.

É linda demais...
Com respeito e estima sinceras.
Sempre a admirar o que faz com brilhantismo.
Beijinhos mil.

pena

Bem-Haja, pela sua doce amizade para comigo e para com todos.
Fabulosa.

Carla disse...

trémula rosa que nos oferece um beijo doce
beijos e boa semana

pequena borboleta disse...

linda:
este poema é um show, beijinhos voadores

Vento disse...

Adormecido nas mãos mas nunca na mente.

Beijo

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Passo por este teu cantinho, para te desejar uma excelente semana, com tudo de bom.

Beijinhos

Mário

O Árabe disse...

Boa semana, amiga; aguardo o novo post.