segunda-feira, 17 de agosto de 2009







Sonhei-te em noite de perdição
Onde escorri meu corpo ao longo do teu
Senti arrebatares meu longo querer
Num viver o desejo de em ti me perder,
Ao juntar a tua com minha mão.
Pois o querer do não querer
Do tempo do não tempo
Leva-me a doce loucura
De volúpias em corpo sedento
Onde a confusão da minha ternura
De ti exige em desespero
Aquele toque de doce amar
Que confere a mim...A ti...
À vida...
Esta loucura de em ti sonhar.





Garça Real




17 comentários:

Pena disse...

Linda Amiga:
Tudo o que escreve é lindo.
Um sentir que deseja com delícia e encanto.
Um poema extraordinário e soberbo de maravilhar e encantar.
Parabéns sinceros.
Notável.
Beijinhos agradecidos pela sua ternura e beleza pura.
Sempre a lê-la atentamente pelo valor poderoso da sua escrita brilhante...

pena

OBRIGADO pela sua simpatia.
Bem-Haja, doce amiga.

Menina do Rio disse...

Foi, eu diria, uma noite perfeita!
Texto delicioso e sedutor!

Beijinhos deste lado do lago

Pena disse...

Linda Amiga:
OBRIGADO sentido pela sua ternura que delicia.
Um poema poderoso. Sensível e doce.
Quanta doçura e talento.
Beijinhos amigos. É um prazer ler os seus soberbos poemas extraordinários.
Beijinhos.
Sempre a admirá-la muito.

pena

Bem-Haja, terna e fabulosa amiga poetiza de sonho!

MEU DOCE AMOR disse...

E que sonho...

beijo lindo

gaivota disse...

como sempre...
escritas de um lago coroado, de realeza!
beijinhossssssss

Dreamaster disse...

Gostei deste poema cheio de sedução e erotismo.

Deu para sentir o fogo da paixão, num noite quente de Verão.


Bom fim de semana menina :)


Bejus
D.

Pena disse...

Linda Amiga:
Fascina como o poema.
OBRIGADO pela sua amabilidade e simpatia no meu blogue.
Tudo o que faz prima pela pureza dos seus admiráveis e fantásticos actos que deliciam e sensibilizam todos os que por aqui passam.
Beijinhos amigos...
Sempre a lê-la com encanto pela preciosidade poética bela do seu sentir doce que possui e faz parte de si.

pena

OBRIGADO, "Enorme" amiga!

Gui disse...

Os sonhos são na maioria das vezes os nossos desejos que se libertam durante o sono, sem tabús nem constrangimentos. É por isso que os sonhos por vezes são tão agradáveis.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O amor e o desejo são incrementados com arrepio na alma. Suas palavras são tão lindas...

Beijo grande, menina linda.

Rebeca


-

Ana Carolina disse...

Poesia sedução...
Gostei muito, irei voltar concerteza.

Chris disse...

Um sonho de poesia, a reler...
Abraço
Chris

Pena disse...

Estimada e Perfeita Amiga:
Sonhe. O seu delicioso encanto sonha coisas admiráveis, majestosas e perfeitas.
É uma poetiza de sonho.
Beijinhos amigos...sim?
Com admiração perante o brio e genialidade maravilhosas que compõem a sua poesia linda.

pena

OUTONO disse...

Sonhar...um bálsamo retemperador.
Um olhar absoluto...sobre o horizonte perdido no infinito da conjugação amar...

Construção perfeita...

Beijinho

Menina do Rio disse...

Sonhar um querer de ternura e êxtase, de mãos que se unem num sentir onde o tempo não existe.

E sonhar é tão bom

beijo de cá pra ti

Valter Montani disse...

Lindo texto, lindo sonho, linda pessoa que tu és, parabéns!

Vieira Calado disse...

Sonhos de sempre...

loucuras de Verão!...

bjs

poetaeusou . . . disse...

*
sublime poema, amiga
,
ousar sonhar,
exige a volupia do desejo,
,
pilipares
inundando o LagoReal,
deixo,
,
*