terça-feira, 4 de agosto de 2009



A chuva a tamborilar na vidraça
A noite em escuridão coloca-me a mordaça
A madrugada afaga-me o corpo
Num escorrer lento,
Numa febre devoradora
Que corrói a alma e o alento.
A aurora espreita com mão apaziguadora
Num toque calmo
Toca-me os olhos adormecidos
Que vagueavam em voos perdidos,
Num encontro de ti
Da luz que doce te ofereci.
O sol em esplendor acarreta tua imagem
Coloca-a em meu ser desperto
Pois quando a noite espreitar
Não estarás em longínqua paragem
Mas no contorno doce da emoção
Que habita ...
Nas profundezas deste meu coração.



Garça Real





23 comentários:

Pena disse...

Extraordinária Poetiza Amiga Enorme:
Coloca as suas deliciosas palavras poéticas no lugar exacto. No lugar exacto da sua beleza e ternura que "dispara" com o doce coração gigante.
Perfeita.
Como deve ter um coração repleto.
Simplesmente, um versejar soberbo de cativar e maravilhar.
Excelente, doce amiga!
Com um respeito e estima do tamanho do mundo.
Beijinhos.
Bem-Haja, pelo seu amirável génio literário/poético.
Adorei! Com consideração e fascínio...

pena

MUITO OBRIGADO pela sua constante amabilidade terna.
Bem-Haja, admirável amiga poetiza de sonho.
Fantástica!

poetaeusou . . . disse...

*
lindo,
grato pela partilha,
,
chuva de verão,
em quentes noites
parindo madrugadas,
onde o amanhecer
baptiza o sol das esperas
dos ocasos crepusculares
que anunciam,
as partilhadas noites,
,
mando-te
um mar de serenidade,
envolto em musicais pilipares,
soando nas circulares margens
do GrandeLago.
.
*

O Árabe disse...

Febre de poesia, sonhos despertos... na madrugada. Belo poema, amiga!

Nilson Barcelli disse...

Belo poema querida amiga.
"A chuva a tamborilar na vidraça" sabe tão bem...
Gostei imenso das tuas palavras. Como sempre.
Beijo.

gaivota disse...

muito bem, lindo... nas profundezas do coração há sempre uma "coisita"...uma alma cheia de coisistas....
beijinhos no teu lago grande, real e especial

Dreamaster disse...

Muito bonito.

O inicio deixa a imaginação voar e vislumbrar uma chuva de Verão. Gosteis como os versos rimavam. Não o rimar por rimar mas o rimar com sentido e sentimento.

Desejo-te um bom fim de semanaá poetisa.


Beju
D.

PS: Tens lá umas fotos pra veres ;)

Sunshine disse...

Um doce afago aflora das tuas palavras ... doce, suave, intenso ... tanto quanto o teu coração.

Bjinhos

poetaeusou . . . disse...

*
um pilipar,
deixo,
,
*

Mário Margaride disse...

Um belo e sentido poema, querida amiga. Continuo sem pc minha amiga. Por isso, estou condicionado em relação ás visitas e aos comentários, espero ainda esta semana resolver o problema.

Beijinhos, e uma excelente semana!

Mário

Nuno de Sousa disse...

Lindo é o teu coração... que maravilha de texto que delicadeza nas palavras aqui empregues por ti... adoro o que deixas por estes lado...
Admiro a tua pessoa...
Bjs na Garça,
Nuno

Anónimo disse...

Dentro do meu coração há estrelas
E vives serenamente, dentro delas.

Vivo, acordo e procuro por sua paz
Longe, distante, estou à beira-mar

No limite, entre céu, terra e mar.
Quão bom é viver perto, te amar.

Maria Emília disse...

O amor não acaba nunca.
Um grande beijinho,
Maria Emília

O Árabe disse...

Aguardo o novo post, e te desejo uma boa semana!

Luis F disse...

Amiga, faltam-me as palavras para adjectivar o teu poema, assim como todo o enquadramento de imagens e composição do teu blog.

Parabéns

Com amizade
Luis

gaivota disse...

bom fim de semana aí no teu lago...
continuo sem saber onde está localizado, ou seja, onde é a tal feira!!!
beijinhossssssssss

Dreamaster disse...

Venho desejar-te um belo e divertido fim de semana :)


Beijo Grande
D.

Nilson Barcelli disse...

Reli o teu poema com agrado e descobri novas entoações. Magnífico...
Querida amiga, boas férias, se for o caso.
Um beijo.

Mário Margaride disse...

Passo por aqui, para te desejar um excelente fim de semana, e dar-te um terno beijo.

Mário

Vieira Calado disse...

A poesia, toda ela feita emoção!

Beijinhos para si.

Pena disse...

Extraordinária Amiga:
Lindo. Lindo. Lindo.
Um poema soberbo que faz maravilhar, mesmo a longa distância.
Sensível e doce.
Perfeito.
Parabéns pela Alma poética que possui. Magistral de encantar.
Beijinhos amigos de um respeito imenso.

pena

MUITO OBRIGADO pela sua simpatia.

Linda...!

O Profeta disse...

Ah mas esta calmaria aprisionada
Sobe ao celeste um frio arrepio
Entre o mar e as negras pedras
Vive um coração de onde escorre um rio
Onde moram sereias douradas
Onde os peixes falam de amor
Onde as pedras são felizes
Onde as águas lavam o rancor


Boa fim de semana


Doce beijo

O Árabe disse...

Passando para desejar uma boa semana, breve retorno!

Eärwen Tulcakelumë disse...

A poesia escorre em tua alma, como a seiva na planta. As palavras nos envolve de uma forma fantástica.
Pérolas incandescentes de emoção entrego em tuas mãos.
Com carinho

Eärwen