domingo, 10 de maio de 2009








Penso em ti...
No adormecer da noite em escuridão
Não sei se naquele dia rasguei o coração,
Também não sei se ao olhar-te na procura
Te guardei na alma já pingada
Pois teu querer de tanto querer
Era a entrega da vida por morrer
Ou da sonolência que evita a palavra doer
Para que a lágrima não seja chorada.
Penso em ti...
Tarde perdida no esconder do ocaso
Entrega total sem hora nem prazo
Erguido ao céu o flutuar de um sonhar .
Guardado ainda em mim,
Teu terno , triste e doce olhar.
Não sei se em ti me perdi
Mas sei ,
Que penso em ti...




Garça Real




16 comentários:

Mateu disse...

oh,oh,oh...
Que tristeza!!!
Que amargura no teu olhar!!!
Tão doce o teu pensar!!!

Nuno de Sousa disse...

Lindo momento este de um abela Garça que escreve com prazer...
Nada como sonhar e pensar em algo que nos faz sorrir e nos faz sentir mais próximos.
Belo momento amiga,
Tem uma boa noite,
Bjs em ti
Nuno

PUXA-SACO disse...

Olá...

É obvio que você só pode pensar em alguém importante e significativo, pois repleta de tantos argumentos poeticamente belos, não há como ser diferente. Diferente de ti que sabe mais do que ninguém os meios de se reconhecer um grande e verdadeiro amor.

Ternura.

O Árabe disse...

... enquanto pensamos, vivemos. Mas seria este o caminho de novas alegrias? Boa semana, amiga!

Izinha disse...

Amiga,

q novas alegrias cheguem ao seu encontro.

grande beijo prá vc!

poetaeusou . . . disse...

*
um dos melhores poemas,
que arquitectastes, profundo,
a subida é notória, folgo ...
na minha opinião, que nada vale,
,
os momentos, bons e maus,
são como as marés, vão e vêm . . .
,
conchinhas pilipilantes,
para a garça e lago real, envio,
,
*

preto [e] branco disse...

E no teu vôo "real"

Acabas como começas...sempre no "penso em ti" pondo em dúvida com o "não sei se em ti me perdi".

Claro que este teu poema demonstra pelas palavras a expressividade de "uma entrega total sem hora nem prazo".

bj...nho

Nilson Barcelli disse...

Um belo pensar poético...
Apesar de triste, o teu poema é bom. Gostei imenso.
Querida amiga, tem uma óptima semana.
Beijo.

Carla disse...

doce e suave esse pensar
beijos

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Mesmo com tanta tristeza nas palavras, sua harmonia é linda...

Beijo grande.

Rebeca

-

Palavras sem rumo disse...

A recordação,é doce e amarga,pelos momentos que se viveram,e pelos que se perderam


Bom fim de semana

Pena disse...

Estimada e Brilhante Amiga Poetisa de sonho:
Tão lindo este poema. Sensível. Doce.
"...Penso em ti...
No adormecer da noite em escuridão
Não sei se naquele dia rasguei o coração,
Também não sei se ao olhar-te na procura
Te guardei na alma já pingada
Pois teu querer de tanto querer
Era a entrega da vida por morrer
Ou da sonolência que evita a palavra doer
Para que a lágrima não seja chorada.
Penso em ti..."

Quanta ternura e encanto jorra, deliciosamente, das suas palavras...
Terno. Um poderoso sentimento poético que lhe vem da extraordinária Alma Gigante do sentir que possui.
Excelente, mais uma vez.
Adorei, amiguinha!
OBRIGADO pela sua preciosa amizade.
Beijinhos de imenso respeito.
Maravilhado pelo seu encanto, beleza e pureza...

pena

Bem-Haja, fabulosa amiga!

© efeneto disse...

Mais um momento sublime, como sempre. Já tinha saudades de mergulhar nestas palavras. Jito de amizade.

© efeneto disse...

Tenho palavras que te procuram,
que se acendem nesta existência suave;
palavras para seguir caminhos,
para te abrir os dias;
palavras partículas de fogo
que acarinho para os momentos precisos
nos seus puros abandonos;
palavras verticais como chamas,
que te chamam na procura,
mais claras que o dia.
Com palavras de lua e de vento
invento veredas de palavras
que adoçam os silêncios
e explicam as madrugadas.
Palavras que só a ti direi.

Palavras que servem para dizer que irei voltar aos poucos á vossa companhia.
Um fim-de-semana cheio de amizade e palavras

rosa dourada/ondina azul disse...

Sonha, linda Garça,
e que a Alegria
esteja presente
nos teus sonhos:)))


Beijo,

Oliver Pickwick disse...

Às vezes, imagino que o amor é como uma enzima ou um gene da cadeia de DNA, e por processos desconhecidos deixa um "ordem" gravada neste sistema complexo: "me ame para sempre".
Um beijo!