domingo, 31 de maio de 2009








Linhas cruzadas no Universo
Deixando rastos indeléveis de luz brilhante
Linhas marcadas que não se apagam
Num infinito sempre vagueante,
Pois escrevem vida, num mundo perverso,
E na palma da mão
Têm gravado o caminho da união.
Sentires vividos e até perdidos
Esmaecidos em quem os apaga
As linhas escritas são eternas
Pois sentem o toque que as afaga
E nada as elimina dos sentimentos vividos,
Por caminhos tortuosos então percorridos.
E onde se cruzam ...
Fica gravada a junção
Do teu com o meu coração.




Garça Real





19 comentários:

sérgio figueiredo disse...

Linhas que se cruzam no Universo.
Umas passadas, que se podem ou não recordar, outras nascidas nesse cruzar e ainda não vividas. Contudo...são linhas, que expressam sentires, retratos de uma vida, "num mundo perverso" mas que podem muito bem dar-lhe sentido e o sentimento de felicidade.
É um cruzar ... e uma junção.

Já faltava um poema teu.

bj...nho

Ana Gomes disse...

Bonitas palavras... Sentimento elevado até ao Infinito...

O Árabe disse...

Linhas cruzadas, sim. Até as paralelas se encontram, em algum ponto do infinito... :) Boa semana, amiga!

Pena disse...

Estimada e Linda Amiga:
Mais um poema delicioso, sensível e perfeito vindo de si, é leitura de puro sonho, constato, com sinceridade.
Um poema lindo que jorra da sua sensibilidade terna e lindíssima.
Assinalei-o com alegria e encanto.
Sempre a adorar passar por aqui pela beleza inconfundível do seu soberbo e delicioso sentir...
Beijinhos amigos de imenso respeito e estima.

pena

Bem-Haja pela preciosidade humana que é.
Aqui, não se perde tempo. Adora-se o fascinante momento de uma pessoa culta, poetisa fabulosa, ser humano perfeito, sensível e lindo: VOCÊ!
Adorei. Excelente!
Peço desculpa: Às vezes, excedo-me nos comentários, mas é o que eu sou.
Desculpe, amiguinha, tente compreender...?

Nilson Barcelli disse...

__________________________

Tão bonito este teu poema querida amiga.
E bem escrito.
Gostei, da forma e do conteudo.

Beijo
__________________________

Nuno de Sousa disse...

Lindas linhas que se cruzam neste belo momento de amor e beleza e porque não sensualidade...
Adorei,
Bjs

gaivota disse...

e nestas linhas cruzadas do teu imenso lago, juntam-se as recordações...
beijinhos

A.S. disse...

No teu Lago Real, as palavras deixam o universo e passam além do infinito!


Beijo meu

Maria Emília disse...

Cara amiga,
Encontrei o seu blog navegando atrás da Garça. Estéticamente está muito bonito e os poemas que li são lindissimos. Vou voltar para conhecer melhor.
Um abraço,
Maria Emília

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

tulipa disse...

Que belo poema.

Atrasada nas minhas visitas, um pouco ausente da blogosfera, volto devagar...
Hoje li um post sobre:
"sucesso individual"...
Penso que foi o que acabei de obter.
Se quiseres comentar o meu post do blog "Deabrilemdiante" ficarei muito grata.

Bom fim de semana.

Beijo com amizade.

poetaeusou . . . disse...

*
são lagos cruzados
nas aguas da vida,
linha da partida
nascendo na foz,
passando por nós,
percorrendo a terra
desaguando na serra,
margens sinuosas
de pontes amorosas
nos rios de afagos,
,
marés de carinho,
ecoando pilipares,
,
*

Anónimo disse...

A sintonia do universo, como a gravitação, é a lei da vida, como se lê em uma redação do momento espírita, baseada nos cque vocapítulos 6 e 23 do livro Nas Fronteiras da Loucura:

Vive-se no lugar e com quem se deseja psicamente. Há um intercâmbio vibratório entre todos e em tudo. E essa sintonia se dá pelos desejos e tendências acalentados na intimidade do ser e não de acordo com a embalagem exterior.

Bom finzinho de domingo.
Bom principio de semana.

O Árabe disse...

Boa semana, amiga! Aguardo o novo post. :)

Nuno de Sousa disse...

Bjs de uma boa noite na bela Garça,
Nuno

Vieira Calado disse...

As linhas cruzam-se?

Creio que sim.

Beijinhos

Dreamaster disse...

"E onde se cruzam ...
Fica gravada a junção
Do teu com o meu coração"


Mesmo lindo, principalmente a parte final.

Um sentimento forte cheio de amor e ternura q eu vejo um cenário de final de tarde à luz do sol poente.


Bejufas pra minha menina do lago.
D.

Pena disse...

Linda e imprescindível Amiga:
VOCÊ é um tesouro valiosíssimo. Pelo seu pensar. Pelo seu encanto. Pela ternura e pureza dos seus gestos e atitudes.
Adorei! VOCÊ fascina pelas mensagens adoráveis que nos dá de pureza e talento. Um poema sensível. Mágico.
Adorei! Bem-Haja, amiguinha!
Beijinhos de respeito. Muitos.
É enternecedor no que faz, acredite?
Maravilhado pela sua significação gigante

pena

Oliver Pickwick disse...

Tem razão, prezada amiga, os rastros da paixão não se apagam jamais.
Um beijo!