quarta-feira, 16 de setembro de 2009








Basta que te pense em saudade
Surges do nada e do inesperado
Calmamente respondes à minha solidão
Num ofertar límpido do coração,
Como fazendo parte de um sonho em tranquilidade
Vivido há muito em hora de verdade,
Em que estendeste tua cálida mão
Em dádiva de vida
No aconchego de ti
De dias em que sei que sofri
Pois ensinaste-me a direcção a rumar
E mostraste a beleza,
A ternura em singeleza
Quando tímida recolhia teu ofertar
E nele aprendi como é belo o sabor
De poder caminhar...
Abraçada ao teu olhar




Garça Real





24 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Por acaso tive uma experiência do género, mas foi com um polícia. Não só me indicou o caminho a seguir como me ofertou uma multa...

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=T7CWk8Apl7c

gaivota disse...

lolol as coisas que contecem e postas assim em poema, até fica bem!
beijinhos

Multiolhares disse...

Muitas das vezes os pensamentos acalmam a solidão dos momentos que mesmo no meio da multidão são solitários
beijinho

Maria Valadas disse...

Há sempre alguém que nos marcou e quando surge do nada... soltam-se palavras esplenderosas como estas que que acabei de ler!

LIndo!

Beijinhos

Eduardo Aleixo disse...

O lago tem caminhos que com as asas da garça sem medo aprendes . Isto digo eu como pescador que observa os movimentos do vento sobre a boia à flor da água...Abraço.

Vieira Calado disse...

"Basta que te pense em saudade..."

Que bela frase!

Bjs

Mário Margaride disse...

Um belo e sentido poema, querida amiga.

Quantas vezes...o nosso pensamento diambula, por entre as nossos anseios, os nossos sonhos, por todo o nosso sentir...

Beijinho grande, e um óptimo fim de semana!

Mário

Pena disse...

Estimada Amiga Poetiza de sonho:
É tão lindo o seu poema. Doce.
"...Em dádiva de vida
No aconchego de ti
De dias em que sei que sofri
Pois ensinaste-me a direcção a rumar
E mostraste a beleza,
A ternura em singeleza
Quando tímida recolhia teu ofertar
E nele aprendi como é belo o sabor
De poder caminhar...
Abraçada ao teu olhar..."

Tem uma sensibilidade de encantar e maravilhar. De beleza e pureza ímpares.
Parabéns sinceros. Adorei!
Imbuído de forte admiração pelos seus versos fabulosos.
Com respeito imenso...
Beijinhos amigos

pena

Bem-Haja, perfeita amiga!
É uma preciosa poetiza que encanta.

O Árabe disse...

Saudade... a delícia das lembranças, mesmo quando nos doi a ausência. Boa semana, amiga!

preto [e] branco disse...

Que bonito quando se escreve e sente...

"basta que te pense em saudade"

bj...nho

Dreamaster disse...

Muito bonito.

É termos sempre pessoas por perto sempre prontas a nos ajudar.

Ouve lá menina, os teus poemas não tem nome/titulo ?


Uma grande beijo sonhado
D.

Maria Emília disse...

Saudade inspiradora de tantos belos poemas. Saudade bem um sentimento que define o Aqui e Agora, o momento presente. Vejamos bem, a saudade não tem passado nem futuro.
Um beijinho,
Maria Emília

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Passei por aqui, para reler este lindo poema, e desejar-te um resto de semana muito feliz.

Beijinho grande!

Mário

Menina do Rio disse...

Lindo, esse teu caminhar!
beijinhos

gaivota disse...

vim esvoaçar... até ao teu lago e deixo um beijinho grande

Luis F disse...

Amiga como gosto de sentir este lago real, e as suas águas...

Parabéns por mais este belo momento

Com amizade
Luis

PS - Gostava de te ver no dia 26 no Freeport :)

Lis. disse...

Se prestarmos ataenção ver-se-á do sonho a porta de entrada para a nossa tão sonhada realidade.

Dreamaster disse...

Venho desejar um bom fim de semana pra menina Garça e boa reflexão he eh he ;)


Bjs
D.

Nilson Barcelli disse...

Magnífico poema querida amiga.
"E nele aprendi
como é belo o sabor
De poder caminhar...
Abraçada ao teu olhar"
Bom fim de semana.
Beijo.

Luar do amor disse...

O tempo não para, só a saudade que faz as coisas pararem no tempo.e quando se houve boa musica ficamos assim com saudade de algo que nunca tivemos, mais a saudade é melhor do que caminhar no vazio. beijos

Luz disse...

Lindo este poema! Profundo e intenso. Revejo-me neste sentir, num alguém que sempre nos marca para todo o sempre inesperadamente...
Antes sentir saudade de algo ao invés de não ter saudade de nada... A saudade por vezes pode até doer..., mas ainda assim significa que algo soubemos viver...
Os meus parabéns por estas palavras e que continue a inundar este Lago Real com esta beleza de sentir.

Eärwen Tulcakelumë disse...

Palavras ternas saídas do coração não existe melhor forma de expressar o sentimento.
Pérolas incandescentes de amizade aqui deixo.

Eärwen

Pena disse...

Estimada e Brilhante Amiga:
"...Quando tímida recolhia teu ofertar
E nele aprendi como é belo o sabor
De poder caminhar...
Abraçada ao teu olhar"

Não! Não é uma qualquer poetiza que expressa tanto encanto e beleza.
Um Excelente início de semana.
Sempre a tê-la no maior respeito e admiração.
Beijinhos amigos

pena