terça-feira, 8 de abril de 2014






És  um poema perdido no tempo
Esperança vivida
Num caminhar sonolento
Poiso inconstante 
Alma perdida
Desejo amante
Sonho esquecido no sono
Noite sem luar
Animal sem dono
Coração que já não sabe amar
Parto sem ti
Nem sei se me entreguei
Ou se apenas.....
Indiferente te esqueci



Garça Real




10 comentários:

Mar Arável disse...

Tudo se move

até o vento

Fa menor disse...

Mas que o coração nunca deixe de saber amar.

Beijinhos

E Boa Páscoa!

São disse...

Há sentimentos tão contraditóriso que ficamos assim, confusas...

Abraço carinhoso

CamilaSB disse...

Às vezes, o coração também se cansa de amar e de sofrer... Mas, o vento pode mudar a qualquer momento e renovar a esperança...
Um abraço e votos de uma Feliz Páscoa :)

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Nilson Barcelli disse...

Aos animais sem dono é fácil esquecê-los...
Magnífico poema, gostei imenso.
Garcinha, minha querida amiga, tem uma boa Páscoa.
Beijo.

Evanir disse...

Páscoa é dizer sim ao amor e a vida.
É investir na fraternidade,
é lutar por um mundo melhor,
é vivenciar a solidariedade.
Que a alegria da Páscoa invada o
eu coração e o daqueles a quem ama,
irradiando luz para iluminar e fazer
brilhar o mundo em que vivemos,
enchendo-o de amor, saúde e paz.
Espero que fique em nossos corações,
para sempre, as marcas da nossa.
Amizade.
Um beijo carinhoso ,
Evanir..

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Hoje passando para desejar uma Feliz Páscoa , plena de amor e paz, junto de todos que te são queridos.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

O Árabe disse...

Por experiência própria, amiga, sei que a indiferença não geraria tão lindo texto! Boa semana, fica bem.

Cristina Cebola disse...

Que o tempo, seja sempre um tempo de mudança...
Um belo poema de desolação, mas repleto de sentimento e ternura...:)

Beijinho