sábado, 28 de abril de 2012










O sol despertou brilhante
Entrou em mim pleno de esplendor
Sacudiu-me desta letargia
Que mais parecia maleita de que sofria.
Trouxe-me uma melodia vibrante
Que escorria quadras de amor
De uma juventude ultrapassada
Em que odores agrestes
Outra terra me lembrava.
Senti as mãos plenas de frutos silvestres
Tua imagem bailando na dança da sensualidade
Que de ti escorre e me arrebata à liberdade.
Estendi lentamente a mão
Como deixando pingar uma gota do coração
E então resplandeci
Não mais adormeci
E num sorriso acabado de fabricar
Vi então...
Como ainda é possível amar!





Garça Real




16 comentários:

Fa menor disse...

O sol está lá sempre a brilhar... basta afastar-se uma nuvenzita para o vermos.

Bjinhs

gaivota disse...

frutos silvestres, frutos de paixão!é possível continuar a amar...
beijinhos

Multiolhares disse...

quantas vezes as nuvens da nostalgia não deixam ver o sol, mas ele continua lá assim como o amor

bjs

São disse...

Que o sol ...e o resto continuem brilhando

Um abraço

Multiolhares disse...

que o sol continue a brilhar.
boa semana
beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
querida amiga,
,
será que o amor é fruto do sol ?
será que o sol é fruto do amor ?
será que o fruto silvestre é um
solarengo amor ?
,
conchinhas, solares, ficam,
*

José disse...

No despertar do sol brilhando,tudo é possível, que bonito poema. E que bom foi ter-te encontrado hoje no blog da Evanir. Garça Real, há amigos que a gente não quer perder nunca, e eu enquanto estive ausente,os donos disto fizeram com que desaparecesse quase tudo, e o que não desapareceu está diferente. Agora tenho que reaprender tudo de novo.
Beijinho grande para ti amiga,
José.

Evanir disse...

Uma mãe é uma pessoa que ao ver que só ficam quatro bocados de torta de chocolate tendo cinco pessoas,
é a primeira em dizer que nunca gostou de
chocolate.
Às vezes, as palavras se perdem na expressão da palavra Mãe.
Nenhum dicionário definirá a magia do seu significado e,
em todos os idiomas, traduz o mesmo sentimento: Ser mãe.
No decorrer dessa semana só levarei
mensagem do dia das mães.
A você mãezinha que viaja comigo
meu eterno carinho e agradecimento.
Ser mãe é graça e benção por isso essa semana será só nossa.
Mães de todo esse mundo .
Feliz dia das mães.
Dia das mães é todos os Dias.
Mãe Amor maior.
Beijos meu eterno carinho.
Evanir.

Estava com uma enorme saudades de ti minha amiga.
Te amo muito linda !!

Sonhadora disse...

Minha querida

Nunca é tarde para amar...o futuro é hoje...VIVE.

Beijinho com carinho
Sonhadora

CIsabel disse...

Minha Querida,
Ama e sê feliz! Após a tempestade e as nuvens escuras vem sempre o sol para nos aquecer a alma e o coração.
beijitos
CIsabel

GarçaReal disse...

Clsabel

Como é lógico teria que te responder...Tu és uma amiga maravilhosa que me tens acompanhado e apoiado.
Obrigada pela tua presença.
Em mim viverás, pois a amizade é a mais bela uva que colhemos na nossa caminhada.

Bjgrande do Lago

tulipa disse...

Desejo um agradável fim de semana.

BELA POESIA!

Alguém disse que teríamos 4 dias de sol quente e tempo de Verão...
enganaram-se
HOJE 12 Maio
o Sol está escondido
envergonhado!

Li algures
O poeta beija a noite...
em silêncio chora!
Essa sou EU
que também beijo a noite
e em silêncio choro!
A minha vida não é fácil.
...
Continuo os posts sobre a minha viagem
quando quiseres acompanhar já sabes que terei muito gosto em ver-te pelos MOMENTOS PERFEITOS.

Felizmente o Amigo António Cambeta vai-me dando algumas dicas, bem importantes.
...
Pois, eu sozinha em Bangkok
sem ter quem me orientasse
...
Para quem nada conhece,
como é o meu caso,
não me perdi
e sozinha lá fui explorando
o que havia por perto
na rua do Hotel.
...
O Amigo Cambeta explica que é
a Deusa da Misericórdía.
...
Não tinha quem me explicasse
e agora para fazer os posts
no blog, nas pesquisas que faço
só encontro artigos escritos em inglês,
por isso transcrevo-os para o blog, mesmo em inglês.
Percebi que essa fundação está ligada a um Hospital.

Deu para perceber que os chineses são muito unidos e prestam imensa ajuda à sua comunidade e não só.

Abraço amigo da Tulipa

Nilson Barcelli disse...

É sempre possível amar. Mas, para isso, tens que continuar a "sentir as mãos plenas de frutos silvestres".
Magnífico poema, gostei imenso das tuas palavras.
Querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

O Árabe disse...

Sim, amiga; sempre é possível amar... felizmente! Belo texto, boa semana.

A.S. disse...

Dentro do teu peito habitam ainda todos os sonhos, todos os desejos!...


Beijos,
AL

Eduardo Aleixo disse...

O sol despertou em ti a lembrança de outras terras e de outros cheiros e pingou do teu coração a gota a esperança da renovação do amor. Poema em que a nostagia recebe a mão do sol esperançoso. Em versos simples e suaves e doces. É assim quen leio e sinto a tua poesia. Água que venho beber sempre com uma sensação de triste doçura mesaclada de belezaerena.