quarta-feira, 26 de janeiro de 2011





Chegaste...
Emanando sentir calmo
Sustentando olhar enublado
Em pestanas longas e cerradas
Pedindo o beijo que já foi dado
Exalando calor de corpo exigindo
O toque já dado e esperado.
Corpo esbelto e aquecido
Paixão quente
Em junção de sentir em ti perdido.
O toque do envolvente
Que pede a presença do ser e da mente
Implorando em doçura
Laços de ternura
Na entrega de amor,
Em momento de paixão
Pois o toque dos lábios
Deixa escorrer,
O que tomba lânguido e sempre
Mesmo escondido,
A gota bela ....
Que se esvai lenta do coração


Garça Real





10 comentários:

Sweet Moments disse...

Bonito poema.
Passei por aqui e gostei.
Continuação de boas inspirações.

Sonhadora disse...

Minha querida

Sempre a espera pelo amor...sempre o desejo de querer de tocar.
Como sempre saído da alma.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Pena disse...

Estimada e Perfeita Poetiza Amiga:
"...Chegaste...
Emanando sentir calmo
Sustentando olhar enublado
Em pestanas longas e cerradas
Pedindo o beijo que já foi dado
Exalando calor de corpo exigindo
O toque já dado e esperado.
Corpo esbelto e aquecido
Paixão quente
Em junção de sentir em ti perdido...."

Fiquei sem palavras perante a sua ternura e o seu encanto poéticos gigantescos de beleza linda e imensa.
A Cosagrada poetiza brilhante que é já todos conhecem.
É fabulosa. Preciosa e linda.
Concebe tanta maravilha e pureza em versos divinais.
Transcende de deslumbre enorme. Falo com sinceridade. O que escreve é de ouro puro. É uma preciosidade admirável e terna.
Adorei, como adoro passar sempre aqui no seu mágico espaço.
Abraço amigo de respeito.
Possui um brilhnte e extraordinário sentir sublime.
Sempre a admirar o que "constrói" com genialidade e talento enormíssimos.
Agradecido pela honra da sua amizade e pela visita linda no meu blogue.
Com fascínio por tanta ternura.

pena

MUITO OBRIGADO, sublime poetiza de sonho.
Adorei. Fantástico.
Linda.

Solange disse...

lendo, sentindo, gostando..
parabéns!

bjs.Sol

A.S. disse...

Um regresso
é o reacender da chama
é delirio, beijo,
perfume...
É voz que clama
o fulgor de errante lume!


Beijos!
AL

Paulo disse...

Poema muito apreciado, de toque envolvente de calor humano e o beijo apetecido, uma cereja no topo do sentimento :)

Beijinho doce como as cerejas ^_^

O Árabe disse...

Assim é o amor: quanto mais se esvai, em suaves gotas, mais nos preenche o coração. :) Boa semana, amiga; fica bem!

José Sousa disse...

Penso que é a primeira vez que venho até seu espaço. O que li, aqui, gostei e vou ser seu seguidor. Lindissimo o seu blog! Seja meu também em:

www.congulolundo.blogspot.com
www.minhalmaempoemas.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com

Um abração e tudo de bom.

Valter Montani disse...

Olá minha amiga Garça tudo bem?
lindo texto!

Estive afastado das atividades do blog por motivos de força maior, mas não poderia deixar de passar aqui para agradecer por seu carinho, visita e comentário. Acredite, são essas atitudes dos amigos que me dão forças para continuar por aqui. bjs saúde e paz!

Pena disse...

Consagrada Poetiza Amiga:
"...Exalando calor de corpo exigindo
O toque já dado e esperado.
Corpo esbelto e aquecido
Paixão quente
Em junção de sentir em ti perdido.
O toque do envolvente
Que pede a presença do ser e da mente
Implorando em doçura
Laços de ternura
Na entrega de amor,
Em momento de paixão..."

VOCÊ fascina e deslumbra de beleza e ternura.
Abraço amigo de respeito pela ternura de si.
Sempre a admirá-la e ao que concebe de deslumbrar.

pena

Linda.
Bem-Haja!