terça-feira, 11 de novembro de 2008








Colhe a rosa que te dou
Apanhada na estrada da vida
Talvez num dia em que a alma pingou
Uma lágrima tristemente perdida.
Guarda-a no baú da recordação
Talvez já murcha e sem claridade
Esqueceu o que era a tentação
De um beijo dado
Ou talvez roubado
Em busca de contigo viver
Um amor em liberdade.
Não apanhes a pétala caída
Nem a última gota de vida
Pois ela não quer sobreviver
Mas sim......
Deixar-se lentamente morrer.




Garça Real



38 comentários:

Gerlane disse...

Querida "Garça",

Às vezes, custa-nos muito, deixar que uma flor morra, uma pétala resseque, mas, em alguns momentos precisamos nos desfazer até do que nos é precioso, por ser necessário, para que tenhamos outros ganhos na vida.


* Também gosto muito de ler-te! Afinidade, com certeza!

* Beijinhos te deixo!

Poemar disse...

Deixar a última gota morrer, assim como deixar de navegar, às vezes é preciso e sensato.


Beijos!

Dreamaster disse...

Muito bonito.

È o ciclo da vida, para puderem continuar uns é preciso outros morrem, mesmo q isso seja triste e as memórias melhoram e intensificam depois as experiencias futuras.

:)


Bejus
D.

rosa dourada/ondina azul disse...

Talvez para mais tarde renascer,
Mais bela ainda :)))


Beijinho, para ti,
Linda Garça,

gaivota disse...

oh linda garça, o teu lago é uma fonte de inspiração... este é dos poemas mais bonitos que por aqui tem passado...
mas não deixes a última gota morrer...
beijinhossssssss

Eärwen Tulcakelumë disse...

Querida Amiga do LAGO

“Em busca de contigo viver
Um amor em liberdade”

Como nosso coração anseia por essa magia do amor..o coração que se entrega sem medidas, que quer simplesmente amar...
O deixar-se lentamente morrer faz parte desse “jogo” que chamamos de vida e que nos leva a sonhar, arriscar , as vezes ganhar e outras perder... e nos deixamos morrer sim, mas revivemos pois o verdadeiro sentimento nunca morre, segue em busca do seu par.
Tua presença em meu mundo é um presente lindo de amizade, bem haja por tudo isso.

Pérolas incandescentes de renovação entrego em tuas mãos.

Eärwen

Peter Pan disse...

Linda, Doce e Fantástica Amiga de Sonho:
Antes de tudo, agradeço-lhe a enorme ternura e carinho nas palavras doces expressas na Terra do Nunca. Só não respondi agora nele, porque a minha linda amiga Sininho está a "Postar". Uma vez, concluída essa atitude efectuarei de imediato a resposta linda nele que merece. É o respeito que lhe devo, assim, como a minha presença aqui ao pé de si e da sua beleza imensa e movido pelo seu encanto profundo e significativo.

"Colhe a rosa que te dou
Apanhada na estrada da vida
Talvez num dia em que a alma pingou
Uma lágrima tristemente perdida.
Guarda-a no baú da recordação..."

Essa rosa é tão pura e linda. Fantástica e doce. Posso apanhar a sua pétala?
É preciosa, amiga, bem como a adorável poetisa de sonho.
Uma sensibilidade poética encantadora. Tão terna, imensamente doce e extraordinária.

Beijinhos de respeito imenso, estima e uma vénia de ternura.
Sempre a admirá-la. MUITO! MUITO mesmo, sabe?

p.pan

OBRIGADO por existir, amiga!

ki-colado disse...

Todos os dias nascemos e morremos para o mundo. Afinal, todo dia é dia de morrer. E todo dia é dia de renascer...

A vida convida-nos à renascer. Reciclar. Renovar. É necessário estar morto-vivo para sentir. A vida chama para que acordemos na sensibilidade dos valores eternos...

Uma semente tem que morrer na sua missão de continuar vida... E como dizia Lavoisier: "Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma."

E o amor...?
SEMPRE ETERNO!


Bom percurso de semana.
Beijos meta[amor]foses.

C Valente disse...

As rosas são lindas mas tambem tem espinhos. Lindo poema
saudações amigas

o das caldas disse...

Hummm!
Jinhos

Dual disse...

Ciao grazie per ilpassaggio nel mio bloguzzo..Il tuo blog e' molto bello e l' immagine di questo post e' bellissima!!
Dual

Poeta da Lua disse...

um amor livre???
até...

ps.: há muito também não vinha aqui, bom estar aqui!!!

Duarte disse...

Que paixão que pões neste poema!

A vida depara-nos um sem fim de possibilidades
mas acabamos por só estar interessados por uma delas...
Se a temos que meter numa gaveta até que morra é triste. Mas se é necessário devemos de fazê-lo, ainda que dói!

Un grande abraço

poetaeusou . . . disse...

*
E a rosa que te dei
Não foi criada num jardim
Por isso tinha mais significado para mim
A rosa que te dei
Era uma terna e simples flor
Que fez nascer em nós
Um grande amor
,
in-josé cid
,
olha saíu,
,
pilipares para o lago
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

A eterna batalha do amor em liberdade...

Beijinho doce

Sonhadora... disse...

As recordações mesmo q no baú permanecem.

bjos e bom soninho!

[ rod ] disse...

Passei por aqui para abusar do seu espaço e comunicar da minha volta.

Venha conferir o início de tudo.

Venha sentir o gosto dos meus...

Traga também os seus.

O antigo blog O AveSSo dA ViDa agora se chama dogMas.


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Dual disse...

Ciao grazie per essere passata nel mio blog
Tranquilla comprendo la tua lingua!! Si il download e' gratis come tutte le risorse presenti sul blog!!

Eärwen Tulcakelumë disse...

Venho do meu mundo de fogo entregar em tuas mãos uma pérola incandescente de carinho amigo.

Eärwen

markus disse...

GR,
Palavras bonitas mas tristes que falam de pétalas caídas que não querem sobreviver...
Bom fds**********

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Gostei muito do teu poema. Espero voltar de novo com mais tempo, para comentar convenientemente.

Um excelente fim de semana!

Beijinhos

Mário

O Árabe disse...

Belo, amiga... mas ao teu próprio lago deves a volta da alegria! :) Bom fim de semana, sê feliz.

Vieira Calado disse...

Um poema um bocado triste...

Mas são assim, os estados da alma...

Bom fim de semana

Multiolhares disse...

todas as petalas são lindas, e fazem parte de uma flor, assim não podemos deixar morrer a petala, pois ela com a flor tem uma historia vivida e para contar
beijinhos

Maria Valadas disse...

Querida Garça... estou tão habituada à tua belíssima poesia, que este último poema não deixou de ser excepção e nele, mergulhei nas águas mansas do teu lago e saí de lá RENASCIDA!

Verdadeiro milagre...estou completamente " limpa!

Bom fim de semana com mt paz.

Beijinhos da Maria

Gerlane disse...

Abraços te deixo! E desejos de um domingo bem iluminado!

Beatriz disse...

Viver, morrer, renascer, ciclos da vida, nossa e da natureza, que com sua sabedoria prepara corações e mentes para este eterno despertar, eterno renascimento... Belos versos, meu anjo, sensíveis como teu coração. A imagem também é de uma beleza que encanta o olhar.

Fica um raio de luar nos teus sonhos, um beijo no coração, e o desejo de um ensolarado domingo de alegrias.

João JR disse...

Tudo tem o seu tempo....!
E há mto tempo q eu tb n tenho tempo de visitar os amigos daqui, Às vezes nem os q estão perto..
mas o importante é n deixar morrer nunca:)
beijinho grande

LuzdeLua disse...

Colhe, entao...
A rosa que te dou.
Lindo demais amiga
Passando para a leitura da semana.
Deixo-te um abraço amigo

Tens tua vida em tuas mãos...
És o arquiteta/o de teu próprio destino,
Faça de teu caminho algo realmente divino!
(Karla Bardanza)

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ki-colado disse...

O tudo sempre vem de um nada...
Depende do que valorizamos como sendo importante na vida pessoal de cada um. O que para uns é muito para outros é nada e vice e versa. É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã...

ki-colado disse...

Me fizeste lembrar uma poesia que escrevi outrora...

DE VEZ EM QUANDO.

De vez em quando...
Quando encontro seu olhar...
Um estranho encanto...
Paira no ar.

De vez em quando...
Quando tudo parece ser nada...
Como é lindo ser o nada...
O principio de tudo.

De vez em quando...
Quando novamente te encontrar...
Vê se me perdoa...
Por te amar.

Dias disse...

Olha, leio-te deliciosa esta madrugada, por mais cinzento que te leia.

Gostei, parabéns e um beijo grande

M
I
U
D
A

FM disse...

Muito Bem, simplesmente.
Beijos com Essências.

ki-colado disse...

Um bom e próspero começo de semana.

carla granja disse...

Simplesmente lindo,amei
hoje deixo um video feito por mim e espero que gostes . bjos e uma optima semana
bjo,carla granja

Sunshine disse...

A beleza das tuas palavras depositadas nas petalas de uma rosa é indiscritivel.

Beijo com mt amizade

ki-colado disse...

Todo o nosso universo é pequeno ao ser comparado com o universo que existe em tantos outros...

Saber o que precisamos para ter consciência ampliada é ter certeza de que nada sabemos e que ainda há muito a ser descoberto...

E esse "tudo" nos concorre para a tolice de querer saber o que não temos capacidade para aprender...

Lembrei de uma citação hilária do "gênio" Albert Ainstein...

"Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta."

Bom percurso de semana.