terça-feira, 2 de setembro de 2008






Há poemas que não revelo!
Que não são lidos por olhos vagueantes
Que falam de ti, de mim de sorrisos amantes
De volúpias sonhadas e não amarguradas.
Falam de saudades em tarde calma
De toques da tua na minha alma
Do juntar de lábios hesitantes
Na procura de ternuras errantes.
Esses poemas não revelo!
Não foram escritos por minha mão
Mas foram sim gravados a fogo
No mais belo...
Do meu coração.



Garça Real




21 comentários:

Eärwen Tulcakelumë disse...

Existem...
Sempre hão de existir ...
E que produzam palavras tão belas quanto estas que acabo eu de ler.
Mas nosso coração há de revelar palavras belas que farão sonhar.
Gosto de sair do meu mundo de fogo e receber esse frescor amigo do LAGO detenho meu vôo no teu espaço.

Pérolas incandescentes de inspiração, amizade e carinho entrego em tuas mãos.

Eärwen

Gerlane disse...

Sim, sempre há sentimentos apenas sentidos, agasalhados no fundo do coração, mas jamais revelados.

Beijos pra ti!

Pena disse...

Maravilhosa Amiga:
Um belo e terno sentir de si.
Comporta mistérios. Encantos. Ternura e carinho que moram em si e no que "constrói" meigamente.
Registei fascinado:
"...Esses poemas não revelo!
Não foram escritos por minha mão
Mas foram sim gravados a fogo
No mais belo...
Do meu coração..."

Sem palavras. Faço-lhe um silêncio maravilhado.
Sim! Os mistérios fantásticos não se revelam e, é por isso, que lhe faço uma vénia em sinal de profundo respeito e admiração.
Bem-Haja, doce amiga!
Beijinhos de amizade pura e encanto.
Sempre a nutrir por si um poderoso enternecimento fantástico.

pena

Adoro o que escreve.
Registei no compêndio da vida, da minha vida!

poetaeusou . . . disse...

*
não revelo, não,
o que me vai na alma,
o que gravei ... no coração,
,
belo poema, amiga,
,
conchinhas reveladoras, deixo,
,
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Do Vulcão venho para o Lago olhar
Deixo molhar as asas no carinho desta amizade

Pérolas incandescentes de música e paz entrego em tuas mãos.

Eärwen

Carla disse...

que lindo!
sabe bem chegar de férias e ler palavras tão intensas
beijos

Safira disse...

Lindo poema, palavras que transmitem a força interior de quem escreve. Parabéns!

Beijinho,

Safira

O Árabe disse...

Este é sempre o verso mais belo do poeta: aquele que ficou retido em sua alma, :)

Sunshine disse...

Há, guardadas no teu coração, as mais belas palavras de amor...

Palavras intensas, de que apenas nos deixas um relance ...

Palavras tão puras quanto a alma que as revela ...


Beijos com mt carinho

lua prateada disse...

Foram gravados a fogo ...está lindo e não é uma desgraça não alcançar as estrelas,mas é uma desgraça não ter estrelas para alcançar...
Beijinho prateado com carinho e lindo fim de semana.

SOL

NOCTURNO disse...

Certos sentires nunca serão revelados, ficam guardados no nosso coração.

Beijo

Dreamaster disse...

Poema mui lindo e imagitivo(será q esta palavra existe? Epá não consegui encontrar melhor palavra pra o descrever).

Bom fim de semana :)

Big bjs
D.

Eärwen Tulcakelumë disse...

Venho deixar-te uma pérola incadescente de carinho amigo, banhada no rio de lava do meu mundo.

Eärwen

Gerlane disse...

Deixo-te um abraço, querida garça!

Paradoxos disse...

bela revelação!!!!

O Profeta disse...

As tuas palavras voam no celeste nas alvs penas de uma garça...


Doce beijo

Dias disse...

Mas felizmente revelas estes, que nos aperitivam no imaginario desses.

Beijo muito grande miuda :)

ki-colado disse...

Quem será a fonte inspiradora da sua ternura?

Pena disse...

Linda Amiga.
Do seu poema extraordinário e doce retive esta "coisa" maravilhosa que expressou com delicioso sentir e ser:
"...Esses poemas não revelo!
Não foram escritos por minha mão
Mas foram sim gravados a fogo
No mais belo...
Do meu coração..."

Simplesmente, sublime de ternura que faz enternecer.
Bem-Haja, doce amiga.
Beijinhos amigos puros de respeito, imensa amizade e estima.
Sempre a lê-la com carinho.

pena

Adorei, amiga!

Pena disse...

Linda Amiga:
Hoje, não venho para comentar o seu poema doce, terno, lindo e sensato de maravilhar.
Venho agradecer os comentários extraordinários de encanto e beleza que me deixa lá no meu "cantinho".
Bem-Haja, amiga.
OBRIGADO pela sua ternura.
Estupefacto perante tanta maravilha que cria, concebe e "constrói" carinhosamente.
Sempre a dmirar o que sente e faz

pena

OBRIGADO, doce e terna amiga!
É sensacional.

Sunshine disse...

Amiga Garça ... de volta ao teu lago, vim deixar-te um beijo amigo, tenho para veres as asas voadoras que tanto gostas ;).

Beijinhos ...