sexta-feira, 7 de dezembro de 2007





Ali parada no topo da Avenida
As luzes de Natal cintilam ofegantes
Sinto-me só, sinto-me perdida
Tento agarrar meus pensamentos errantes.
Presentes para comprar, para oferecer
A quem me ama e me quer com doçura
A tantos amigos que me entregam ternura,
À familia que me pede o meu viver.
De montra em montra perco o olhar
Lembro-me de ti, do teu doce amar
Que te poderia dar, que te poderia oferecer
Talvez meu coração que está prestes a morrer.
Levanto os olhos, sigo indiferente
Apago a lágrima de ti carente
Espalho o olhar, compro uma doçura
Tento fazer do coração uma travessura.
Nas mãos sacos adornados de laços
Transmitem a época,espalham abraços
Por instantes esqueço a alma sofrida
Pois em lento caminhar...
Pedi um instante à vida.

Garça Real




41 comentários:

MEU DOCE AMOR disse...

ehehe!!!

Em que avenida?

Tenho aqui um belo saco saco cor-de-rosa,com os teus brilhantes pensamentos.Quem sai aos seus...ai avozinho...

Beijinho doce:)))

MEU DOCE AMOR disse...

Capitães de Abril?

MEU DOCE AMOR disse...

Que tal um xi?

Pode ser?Hummm...

Beijos

C Valente disse...

Boas compras e poucos gastos
Bom fim de semana
Saudações amigas com um beijo

Sant'Ana disse...

Um poema de vento frio com calor por dentro.

gaivota disse...

é tão bonita esta escrita...
em tantos momentos e, nesta época natalícia, há sempre um "senão"
tudo de bom e uma lágrima teima em escorregar não é?
beijinho grande

Lu@r disse...

A melhor prenda que te posso dar nesta distância é o sentimento que tenho dentro de mim por ti, sabes bem que será eterno.

Sabia bem um desses doces.

Beijo silencioso

Mário Margaride disse...

Querida Garça,

Belo e sentido poema!

Há de facto ocasiões,
onde a nostalgia nos invade,
e o nosso coração,
se enche de saudade...

Bom fim de semana

Beijinho doce...

POETA VAGABUNDO disse...

já cheira a natal ...
beijo vagabundo

Dias disse...

No periodo natalicio, os pedaços de nós que deixámos pelas estradas escarafuncham mais fundo a memoria, avivam cicatrizes, arrancam crostas... é um periodo com energias do caraças!!

Abraço muito forte que te proporcione mais e mais "instantes de vida". (Sabes, o tempo realmente cura, mesmo que várias vezes pareça que não ;)

Off Topic
Tudo tem algum valor para alguém, o teu (valor), é unanimemente reconhecido e querido.

Amo o Inverno mas que venha de lá essa Primavera.

Abraço em Off Topic

Reflexos da Alma disse...

Olá Menina ;)

Gostei muito !!!

"...Por instantes esqueço a alma sofrida
Pois em lento caminhar...
Pedi um instante à vida...."

A Vida te dará infinitos "instantes" , dos quais poderás saborear em lentos caminhares , e jamais sentirás a Alma sofrida !!!

Beijo Grande e Bom fim de semana !!!

Luis F disse...

Parabens pelo texto

Bichinho disse...

NATAL ....
Beijo fantasma

Dreamaster disse...

Tutto benne menina? já cheira a natal

Tienes uno email ;)


Bom fim de semama

Bjs
D.

Dreamaster disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dreamaster disse...

Olá.

Foi voce q pediu um por do sol ?

Novas fotos no blog Panorama ;)

Bjs
D.

Pena disse...

Um versejar perfeito, decorado com a sua magia de grandioso talento e carinho evidentes e visíveis.
Um poema que expressa um "instante à vida...". Lindo, terno e encantador.
Uma música tão doce que faz lacrimejar de alegria. De maravilhoso sentir.
Que este Natal seja o mais maravilhoso da sua linda vida. É o que lhe desejo com sinceridade.
Há aspectos muito talentosos no seu poema, próprios de uma grandiosa personalidade.
Tristeza... Irradie-a de si. É tão linda e solidária com a vida.
Adorei!
Tudo de magnífico.
Sempre ao dispõr.
Abraço amigo do coração.
O sempre presente encantado pelo que expressa com enorme ternura

pena

O Quarto da Lua disse...

Um poema mágico. Pede instantes à vida e entrega-te a quem te ama.
Um abraço

lurainbow disse...

Por instantes esqueço a alma sofrida
Pois em lento caminhar...
Pedi um instante à vida.

Assim k me sinto , ou pior parece k caminho a toa ...
Beijinhos

Lu@r disse...

Beijo-te enquanto dormes, sou um Anjo ou um Demónio como preferires... que te acompanha pela noite dentro.

:)

O Profeta disse...

Vim visitar-te e saborear os teus sentires...

Trago comigo o aroma da terra
Sandálias feitas de alva espuma
Um dom cravado nesta alma singela
Um oceano de sonhos perdidos na bruma


A magia está a chegar no brilho de uma estrela
Reflectida nos teus olhos


Boa semana


Mágico beijo

C Valente disse...

Passei e deixo as minhas saudações amigas

Entre linhas... disse...

Um poema com uma leve brisa natacía...que aroma.
Bom início de semana
Bjs Zitas

LuzdeLua disse...

Este lago, todo natal, tanta saudade.
Passando para deixar o meu carinho por ti e bons para o teu coração.
Bjs

rosa dourada/ondina azul disse...

O Lago está com decoração de Natal !!!

O teu poema de esperança, colorido com as belas luzes da época !

Beijinho,

Lua disse...

Os sacos e os laços são sempre lindos... mas de nada servem a um coração vazio...
nem sei porquê vazio, temos tanta gente que nos ama... mas há alguém que nos faz caminhar devagar...
"pedi um instante á vida"...
Adorei ler-Te.
Pede um instante para mim também...
beijo grande não vai embrulhado num laço mas é puro.

rui disse...

Olá Garça Real

O espírito natalício já anda no ar!
Nota-se pelas tuas lindas palavras.

Beijinho

Alice Matos disse...

É uma descrição tão real que quase podemos viver este teu momento...
São instantes assim que nos impelem à vida, mesmo quando nos parece impossível dar o próximo passo...

Beijinho para ti...

lua prateada disse...

hummmm, posso juntar-me a ti???já agora...assim eramos duas!...Beijinho prateado
SOL

O Árabe disse...

Belos versos, amiga! Talvez o Natal seja realmente o melhor tempo para sentirmos mais um pouco a vida...

Sol da meia noite disse...

Poema feito do que está para lá das palavras. Gostei.

Beijinhos

MEU DOCE AMOR disse...

Passei para deixar beijito

C Valente disse...

Boa tarde
Saudações amigas

poetaeusou . . . disse...

*
passei mais uma vez
*
xi
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Nesta época, por vezes o coração se faz triste...lembranças.
Gostei muito do que li.

Pérolas incandescentes de carinho amigo.

Eärwen

Dreamaster disse...

Entretanto, nova sugestão musical no blog. Atreve-te ;)


Bjs
D.

Lu@r disse...

Ontem foi o primeiro dia do resto da minha vida.

Penso em ti...sempre...

Beijo esses lábios maravilhosos

:)

multiolhares disse...

Que a vida te presenteie
Com muitos instantes doces

Beijinhos
luna

Mário Margaride disse...

Querida Garça,

Passo por aqui, para te desejar uma excelente noite! E dar-te um beijinho doce...

MADRUGADA... disse...

Gostei do texto!...

Bem conjecturado.

MIMO-TE disse...

Muito bonito este teu poema, nostálgico talvez, mas... é da época é do mês!!! :)))


Beijo e mimos