quarta-feira, 8 de agosto de 2007



Os meus versos,
São gotas do meu sangue ardente
Que abrasa e queima.
São farrapos da minha alma quente,
Que teima em viver!
São pedaços da minha carne
A palpitar e a sofrer!
Os meus versos,
São feridas dolorosas
Que se abriram no meu ser
Cicatrizes horrorosas
Que se rasgaram sem doer!
Os meus versos,
São a minha vida!
Mas não morrerão quando eu morrer.

Garça Real





48 comentários:

POETA VAGABUNDO disse...

sentido e belo...gostei mesmo...
beijo vagabundo

POETA VAGABUNDO disse...

pergunto-te se algo morre?
beijo vagabundo

POETA VAGABUNDO disse...

os teus versos são especiais porque v~em de dentro de ti...num poema é o que interessa...interesa o que damos de nós a uma palavra...
beijo vagabundo

POETA VAGABUNDO disse...

obrigado nada...não fui obrigado a dizer essas palavras hehehe:)
beijo vagabundo

efeneto disse...

*garçareal*
...sempre a verdade nas suas palavras...beijo de amizade. Já cá volto...

efeneto disse...

...voltei...

Os seus versos são
as águas inquietas,
copiosas e implacáveis
que rodeiam árvores
e pedras
e só param no mar
apaixonadas pelo azul
deste seu lago real...

Sol da meia noite disse...

Os teus versos jamais morrerão!!!

Porque mais que a tua vida, eles são a tua alma!!!


Raios do meu Sol!!!

Um Momento disse...

Os teus versos são intensos...és tu
Lindos, como assim me tens habituado a sentir-te
Beijo , bem aí
(*)

Tarde linda
:))

efeneto disse...

*esclarecimento*
olá amiga não é meu habito apagar comentarios que faço mas simplesmente enganei-me. Mas como o valor da amizade para mim é igual vou recolocar aqui o que apaguei embora não sendo de inicio destinado a sí tambem encaixa perfeitamente na nossa relacção virtual de amizade. beijo de desculpas.

Sentada te li
Nos rochedos pensei
Este poema adorei
Sinto na pelo tais palavras
No coração tais sentires
na alma...a saudade
Não quero a saudade na alma
Não quero voz na escuridão
Não quero palavra na parede
Não quero com arestas e incertezas
Não quero violino a anoitecer
Quero simplesmente...
você a escrever.

efeneto disse...

A escrever sempre estarei
Mesmo com alma desfeita e errante
Em negrumes caminharei
Em busca de uma paixão amante.

Pedaços de escrita enlatada,
Martelada num teclado,
Dum pensamento obstruído,
Beijado sorridente,
Chorado, morto devagar
E não sei quando isto vai parar. (risos)

lua prateada disse...

Sim amiga!...teus versos jamais partirão...serão sempre parte de ti k por cá ficarão...Obrigada por teres ido ouvir a música comigo...assim não estou só.Beijinho com carinho da
SOL

Palavras ao vento disse...

Minha querida garça,

Os teus versos são imortais!

E quando a qualidade impera... Ficam imortalizados nos anais da história dos poetas!

Beijinhos linda garça!

Maria Valadas

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

Versos escritos a "sangue".

O poeta não morre. A poesia é que deixará de nascer.

Beijinho.

gasolina disse...

O teu sentir é poemar.
O teu lago o poemário.
Mantém o cultivo. Assim, sempre terei quem me alimente.

Um beijo forte, Real Garça

Reflexos da Alma disse...

Querida Garça !

Sejam o que forem os teus versos,
o que me interessa acima de tudo ,
é a tua verdadeira essência ...

Um Beijo Grande te deixo !!!

MEU DOCE AMOR disse...

E o teu sangue ardente
Que vem do mesmo local que o meu
Transforma-se na minha mente
Num sorriso que é só teu

Beijinhos está liiindoo:)))

Rosa Maria disse...

Lindo e verdadeiro... os nossos versos, são algo que ficará sempre...

alma disse...

Os versos são sempre pedaços de nós, nasceram do interior e ficam para sempre.
Lindo.
Abraço da Alma

Entre linhas... disse...

Versos impregnedados com ondas de sensibilidade,sentindas no teu interior.
bjs Zita

Dias... disse...

Tu estás a melhorar bastante miuda, por exemplo, este teu Poema está num nivel acima do que nos tens habituado.
Inteligente, bem ritmado, bem verbado, bem construido, e repleto de verdade.
Parabéns, gostei imenso.

Beijo contente por te ler mais escritora que "ontem".

*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Em vôo vim ler-te colho palavras forte, banhadas em alguma dor...sim as feridas são dolorosas por certo mas veja como lições. Quantos aos versos, “Ave Real” estes, tenha certeza, jamais morrerão tal qual você que tem alma eterna.
Agradeço tua visita ao meu mundo.

Pérolas incandescentes de fogo regenerador.

Eärwen

dacasadamathilde disse...

versos, farrapos de uma alma que vive do amor.
beijinhos

MEU DOCE AMOR disse...

AS MINHAS PALAVRAS
SÃO LÁGRIMAS QUE BROTAM DE TI
QUE ROLAM PELO MEU CORPO
DESDE O MOMENTO QUE TE VI

...E AGORA?
o QUE FAZER?

BEIJINHO DOCE E BOM DIAAAAAA....

DANÇANDO NA MAGIA E NO FOGO

Josse disse...

Cicatrizes horrorosas
Que se rasgaram sem doer!

Sim, e que belas cicatrizes.
Tantas histórias guardadas.
Passando para dar o meu mergulho matinal e deixar aqui meu beijo e bons desejos.

POETA VAGABUNDO disse...

que bom que gostas te...
beijo vagabundo

João Cordeiro disse...

Sem saber e vindo nas asas de um sonho, aqui pousei… e gostei da beleza que encontrei.



Beijo sonhador

poetaeusou disse...

*
São pedaços da minha carne
*
ji
*

MEU DOCE AMOR disse...

Vim dar beijinho ao Anjo guardião do lago onde me banho todos os dias.

Beijinho doce e até mais logo para a ronda da noite:)))))

C Valente disse...

Lindo, sentido. O simples me fascina
Saudações amigas

MEU DOCE AMOR disse...

RONDA DA NOITE.......... boa noite.Tudo a postos:)))))

Gostei do poema que fez abrir meu ser

Beijinho doce:)

MEU DOCE AMOR disse...

Onde andas?

MEU DOCE AMOR disse...

Lá andas tu por aí!Já nos desencontrámos!

Beijinho doce

MEU DOCE AMOR disse...

Já te ensinei a seguires-me...mas perdes-te

Porque Te Amo disse...

os teu versos nao moreram nunca garça... nao morreram nao...

1beijo... assim... entre pianos...

Mário Margaride disse...

Querida Garça,

Belo e sentido poema!

"Os meus versos,
São a minha vida!
Mas não morrerão quando eu morrer."

Lindo!

Beijo terno...

João JR disse...

adorei....!!!
beijinhos:)

MEU DOCE AMOR disse...

Passo para dizer olá

Beijinho doce

AQUALUZ disse...

Olá Garça: vim retribuir o beijinho e obrigada pela visita.breve postarei

Beijo num imenso azul

efeneto disse...

“Um dia decidi ser rico…
Procurei ouro em mil rios do mundo
Mas …não resultou!
Plantei mil hectares de notas
E nada cresceu…
Esburaquei meio planeta à procura de petróleo…
E nada encontrei!!!
Quando estava prestes a desistir…
Lembrei-me que tinha já em minha posse
A maior riqueza do mundo!
A tua …
…AMIZADE!”

Bom fim-de-semana amigo(a)...

sonhadora disse...

Cheguei!
Vim deixar-te beijinhos embrulhados em abraços com a alegria e amizade do costume.

MEU DOCE AMOR disse...

Boa noite:)

Beijinho doce

gasolina disse...

Ao lago lanço nenúfares.
A ti, um beijo meu.

Bom fim de semana, Real Garça

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Venho reler-te...e desejar-te um excelente fim de semana, e dar-te um beijinho.

Eärwen Tulcakelumë disse...

Em vôo venho para dar-te uma pérola incandescente de carinho e dizer que tenho duas outras em meu mundo para ti.

Eärwen

.:mÁrCiO:. disse...

Bonito e profundo... gostei muito!!!

infinito disse...

é muito dificil comentar um poema, em minha opinião. é, no entanto, muito fácil para ti, escrever bem...

MEU DOCE AMOR disse...

Boa tarde meu Anjo de palavras belas que canta e encanta o Amor.

Um bom Sábado:)

C Valente disse...

amor , não pode ser morte, mas vida, dor não é amor. aqui á uma certa tristeza, algo de magoado, o que não me agradou, pois é ao mesmo tempo um grito de....
saudações amigas