quinta-feira, 8 de setembro de 2011





A noite foi longa e de sono profundo
Arrancou-me à vida e à realidade
Roubou-me ternamente do meu mundo
Ofereceu-me talvez o sonho da saudade
Onde te via entregue no desvendar do sonhado.
Vagueava em mim a volúpia do ambiente avermelhado
Do sentir teu corpo na presença da ausência
No escorrer de mãos em desejo acariciado
No ter presente aqueles dias de louca envolvência.
Toquei-te na loucura da noite de breu
Entreguei-te o corpo que é meu
Mergulhei na louca profundeza
Em pétalas belas de rara beleza
E abraçada ao que de ti ficou,
Parti contigo
No sonho ou no real...
Que teu abraço, o meu abarcou.





Garça Real





21 comentários:

Pena disse...

Admirável e Consagrada Poetiza de sonho:
"...Toquei-te na loucura da noite de breu
Entreguei-te o corpo que é meu
Mergulhei na louca profundeza
Em pétalas belas de rara beleza
E abraçada ao que de ti ficou,
Parti contigo
No sonho ou no real...
Que teu abraço, o meu abarcou..."

A Noite é mesmo assim. Dá para nos surpreender com a sua magia que tão bem expressa com talento nos versos fabulosos que despontam de si.
Excelente. Parabéns.
Também escrevi sobre a noite.
Parece um tema muito expresso com sentimentes de pureza.
Adorei os seus versos de sonho.
Abraço amigo de respeito, estima e consideração pela sua capacidade poética sublime e fantástica.
Sempre a admirá-la

pena

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Hoje passando para oferecer o meu selinho de dois anos de blogue e agradecer o carinho, graças a toda a amizade consegui chegar aqui.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Partiste, mas voltaste:)

HUmmm...

Beijinho doce aguardando visita:)

Solange disse...

partimos todas as noites,
pra mais um dia cheio de vida, de sonhos e de eperança..

matando a saudade..

bjs.Sol

Mário Margaride disse...

Lindíssimo poema, amiga Garça. Aliás, com todos os que escreves.

Adorei!

Beijinhos e um bom fim de semana!

Mário

tulipa disse...

AMIGA

sei que ando ausente
há razões para isso...
...
agora que cheguei das minhas férias
gostaria de ter o PRAZER
de a ver nos meus 2 blogues

Amiga
há dores físicas
e as "outras" dores!

ando esquisita
tentei passar para o papel
aqui vai:
...
tentei lembrar-me
se no mês de agosto
soltei algumas lágrimas
sinceramente
não me recordo
mas,
diria
soltam-se as lágrimas
de todos os meses
uns mais que outros
de momentos
de grande solidão
e de...
muita incompreensão
dos que me rodeiam

em setembro
veremos como será...
dia 12
próxima semana
faz 37 anos
que fui Mãe
mas, ao longo da vida
não me deixaram
ser Mãe
uma vida de fel
...
saudades de outros tempos
outras vidas!

Beijinho "amigo" da Tulipa.

Anselmobranco disse...

É muito lindo o que escreve minha querida senhora. É uma poeta que dá gosto ler e faz pensar.




mil respeitos

Vieira Calado disse...

Por vezes a janela é estreita,

entre a realidade e o sonho!

Bjsss

O Árabe disse...

... às vezes, difícil se torna distinguir entre o sonho e a realidade. Belo poema, amiga; boa semana!

São disse...

Ah, quem me dera uma noite de sono seguido...

Gostei imenso da canção!

Boa semaana.

♥♥♥Ani♥♥♥ - Cristal disse...

A vida é feita de momentos...
E estar aqui está sendo um momento especial...
Voltarei sempre que puder...
Se quiser, dá uma passadinha no meu também...
Quem sabe não gosta e fica.... E com certeza retribuirei a gentileza.

http://cristalssp.blogspot.com

Beijos
Ani

AFRICA EM POESIA disse...

Só hoje vim aqui.
Não por "desleixo" mas porque a nossa amiga blogueira Lindalva veio do Brasil e foi um prazer recebê-la e estarmos juntas.

hoje tranquilamente
sento deixo um beijo e poesia...


OLHAR


Olhar doce...
Dá segurança...
Olhar meigo...
Ajuda a superar...
A vida...
A tristeza...
A solidão...
Mas...
Ao ver os olhos...
De verdade...
E de Amor...
Sentimos...
Que os olhos...
São mesmo...
O espelho da alma...

LILI LARANJO

Daniel disse...

De sentimentos intensos...

Costumo ser assim...

Daniel

Sonhadora disse...

Minha querida

passando para agradecer o teu carinho e deixar um beijinho.

Rosa

gaivota disse...

sono profundo... quem me dera!
lindo poema num sonho real onde tudo acontece!
beijinhos

Mário Margaride disse...

Querida amiga Garça

Passo por aqui, para te desejar um dia muito feliz e dar-te um beijinho grande!

Mário

Eduardo Aleixo disse...

Poema doce de saudade e de amor na fronteira indefinida do sonho e da realidade.
Com pétalas.
E suavidade de lago.
Beijo.

O Árabe disse...

Boa semana, amiga; aguardo o novo post. :)

O Profeta disse...

Tenho uma fé feito de mil cores
Uma paleta onde misturo as emoções
Este pincel deixa tanta marca vibrante
E um mundo imenso de contradições

Pinto rostos, o céu, a saudade
Pinto mentiras, corações sem chama e verdades
Pinto o Mundo muito à minha maneira
E um barco carregado de puras saudades

E apago o olhar para ver melhor
Para sentir o dizer de um amarrotado papel velho
O que vejo está muito para lá de sentir
Nesta…Outra face do Espelho…

Mágico beijo

Nilson Barcelli disse...

Lindo, o teu poema.
Na forma e no conteúdo.
Parabéns pela tua arte & engenho poético.
Beijos, querida amiga.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos