segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010






Um dia...
Nestes meus olhos
Perdi-me em teu olhar
Nubladamente me olhaste
Pediste para te sentir e me entregar ,
Pois teria sido
O que em uma qualquer noite sonhaste.
Dei-te a chama ardente
Num brilhar de noite carente
Foste amante, foste vida,
Foste talvez o pecado
Não sei se sonhado
Mas sei....
Que num anoitecer escurecido
Ficou o rasto do adeus
Numa cor em azul esmaecido...
Pedes o brilho de nova paixão
E desmedido estendes a mão
A luz empalideceu
Será ...
Que o amor alguma vez viveu?





Garça Real




18 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida amiga
quanta inspiração...poema belissimo.

Beijinhos
Sonhadora

poetaeusou . . . disse...

*
um hino ao amor,
parabéns,
,
É terna
a chama ardente
da paixão
e consolidará
se reacender o coração !
,
brisas serenas,
,
*

gaivota disse...

será??? mas é lindo este teu peoma ao amor!
um coração reacendido, talvez...
beijinhos

Lis. disse...

Talvez não.

Ofarol disse...

Olá.
Que bonito poema...exaltando o amor...
Que bonito o jogos das palavras...

Beijos

TristãoeIsolda disse...

Viveu. E vive ainda, nesse rasto que ficou, nessa pálida lembrança que perdura. E na mão que se estende.

Abraços nossos


(Tristão e Isolda)

segredos disse...

Com a sabedoria destas palavras só posso dizer que em momentos esse Amor viveu e quer voltar a viver estando apenas a dúvida se esses corpos se assumem como encantados mas com o "medo" de um acontecer e um novo "desaparecer".

bj

O Árabe disse...

... e sempre haverá de viver, amiga; nas mais doces e sentidas lembranças. :) Boa semana!

*Bela Poeta disse...

Cheguei aqui através da nossa amiga "Sonhadora". Tantas são as sensações que não conseguimos esquecer quando amamos de verdade. Perfeitamente editado por este poema.
Parabéns pelo blog!
Visite-me quando quiser.
Bjjs,
Vanessa.

Sonhadora disse...

Minha querida
Lindissimo poema...nostalgigo, mas lindo.

Mas sei....
Que num anoitecer escurecido
Ficou o rasto do adeus

Adorei.

Beijinhos
Sonhadora

O Árabe disse...

Boa semana, amiga. Aguardo o novo post.

rosa dourada/ondina azul disse...

Belo poema de amor e de sonho!


beijinho,

Fátima disse...

Minha querida
Tantas lembranças ricas em detalhes...é suposto que ainda vive!

Um lindo dia.

O das Caldas disse...

Lí.-
Bfs.-
Beijinhos das Caldas

Pena disse...

Linda Amiga:
Um soberbo e puro poema mesmo na dor.
É alucinante de beleza e ternura no seu versejar extraordinário.
Vá. Força.
Beijinhos ao seu lindo coração.
Com respeito e estima ENORMES.
Sempre a admirar a bela e pura poetiza que é num coração fantástico com que escreve o seu perfeito sentir.

pena

Adorei.
Bem-Haja, excelente pessoa num excelente poema.

Dreamaster disse...

Bonito poema.

Com uma ternura e textura mesmo doce... e ao som desta musica parece q lhe dá uma maior dimensão.

Muito bem menina.

Agora queremos outro ;)


Bejus calientes prá menina do lago sempre inspirada.
D.

MEU DOCE AMOR disse...

Pois não sei!!!

Talvez...

Beijinho doce

Véu de Maya disse...

Belo toque poético...ligado à medicina...coisa admirável.

beijinho