segunda-feira, 3 de março de 2008





Quanto mais caminho na vida
Quanto mais exponho o coração
Mais embato numa palavra julgada perdida
E que tão sòmente se chama desilusão,
Quando a alma por si amanhece
No conhecido limbo da ilusão.
Agora existe a realidade
Que não pode ser mais menina,
E que tem que abarcar a decepção
E esquecer palavras como a saudade.
O sentir vai enrijecendo
Com as tristezas vai aprendendo
Sua frágil concha vai encerrando
E finalmente aprendendo
Que tem que rumar...
Sem o coração chorando.



Garça Real




19 comentários:

Flor disse...

Bom dia! :)

Saltando de canto em canto... vim aqui parar.... em um Lago Real!... Gostei bastante e... voltarei! :)

Bonitos sentires em forma de poesia.

Flor deixa beijinho florido e doce e votos de uma BOA semana. :)

rosa dourada/ondina azul disse...

Cantas em verso, a aprendizagem da vida :)

Muito bonito o teu sentir!


Beijinho,

Pena disse...

Simpática e Estimada Amiga:
Acredite que o seu caminho é o desejado. Belo. Sentido. Profundo.
Possuí um coração, mas não chorado, ele escreve com doçura e talento.
Jorra de si em catadupas de formosura e encanto.
As frses versejadas arrebatam no que é.
A sua entrega ao sentimento é pura, deslumbrante e terna. Magnífica!
Sim! A realidade pode ser menina, sempre o será de forma sonhada com ternura e maravilha.
Quem falou em tristeza? Não, não a posso conceber em si. O que expressa, expressa com maravilha e encanto.
Gostei muito de ler, acredite? Vivo de sinceridades e sou sincero: Adorei!
Beijinhos de forte estima.
Com amizade e respeito. Muitos!

pena

rui disse...

Olá Garça Real

Os caminhos por vezes tortuosos que a vida nos reserva!
Sabes tão bem colocar em palavras estes sentires.

Beijinho

efeneto disse...

Ruas cheias de mistérios
Passeios de mirabolantes sentimentos
Ar das mais profundas paixões
Andar do mais longo caminho

Estes são as nossas vidas
Com o mais profundo suspiro
Com a maior transformação.
Voamos e corremos por todos os caminhos da vida.

No meio de toda a selva
Existe sempre alguém que nos faz escapar
Alguém que nos ensina a erguer a cabeça
Alguém que nos ajuda a fugir de tudo e todos.

Com as correntes do mar
Corremos para fora do caos
Saltamos os obstáculos mais obscuros
E sobrevivemos a guerra da felicidade

Sorridentes e de mãos dadas
Corremos até ao além
Com um canto que só nos conhecemos.

Em si já nada me surpreende. Belo como sempre.
Beijo de amizade. hei-de voltar com mais tempo. Você entende.

poetaeusou . . . disse...

*
caminho,
aceitando a desilusão,
busco
o limo da realidade,
expulsando a tristeza,
enrijo
com o coração ao vento,
na busca gloriosa do meu . . . eu,
,
conchinhas
,
*

Dias disse...

Que se mantenha essa consciencia, para mais rapido sarar o autor.

Abraço muito forte

(Abri o link e TUFAS! Fiquei uns instantes à porta da tenda, despedindo-me das aguas, lamentando não ter trazido a conoa... Gostei muito destes primeiros momentos com a ilustração do teu novo Lago)

Eärwen Tulcakelumë disse...

Sofrido é este aprendizado...mas sublimes são tuas palavras.

Pérolas incandescentes de saudade...

Eärwen

Pena disse...

Linda Amiga:
Tenho muita consideração por si e pelo bem-estar como concebe os seus magníficos Posts de beleza.
O seu imenso encanto que possuí num coração doce e lindo quando mais caminha na vida. Pode expõ-lo, é sentido, autêntico, verdadeiro.
Apaixonante é a sua postura e correcta forma de escrever no âmbito de uma correcta forma literária com que concebe e expressa o seu delicioso pensamento.
A ternura e o carinho que coloca em tudo o que faz com talento e maravilha.
Que lindo poema!
Beijinhos amigos de imensa consideração.
Com muito respeito

pena

Incongruente disse...

Um embate tão consciente como enfrentado.

Betty Branco Martins disse...

querida___________Garça Real






vírgula_________no poema



aguaceiro forte





acolhendo a sombra








que do






retrato____o rosto faz cair














beijO c/ carinhO

Oliver Pickwick disse...

Seus versos tornam-se menos melancólicos, prezada amiga. E no diagnóstico da sua inspiração, eles descrevem um novo rumo, o caminho do começar de novo.
Beijos!

Carla disse...

um passo de cada vez, para ensaiar o sorriso da vida
beijos desalinhados

OLHAR VAGABUNDO disse...

UM LAGO DE SENTIRES
UM BEIJO OLHAR
AQUI É SABER SORRIR
NESSE TEU TOQUE FEITO AMAR...

beijo vagabundo

Olhos de Mel disse...

É minha amiga linda! Infelizmente a vida nos traz também a desilusão, a tristeza... mas ainda assim é preciso coragem e determinação pra continuar a caminhada. Fique com Deus e que ele possa colorir seus caminhos...
Beijos

MEU DOCE AMOR disse...

Então era ilusão?

Um beijo doce

Belo doce

Recado no Xanax

efeneto disse...

...passei para reler...um beijo aqui deixo depois de embater nas suas palavras.

Gui disse...

Mais uma bonita expressão do teu sentimento. Gostei. Um beijo

U Ó Mãe Que Dava Pulos disse...

Garça!
Tanto caminho ainda por percorrer! O Lago Real é grande, ainda tens muita água para nadar!
À medida que o tempo passa as desilusões são mais e as ilusões cada vez menos! Até aí se pode arranjar algumas vantagens.
Mas vale apena, apesar de tudo isso, viver a vida o melhor possível.Ela não dura sempre.
Um beijinho