quarta-feira, 3 de outubro de 2007




Uma transparente lágrima teimosa
Espreita o mundo ao canto dos olhos
Tráz uma sensação dolorosa
De tristeza recolhendo seus escolhos.
Ela que está sempre escondida
Quer aparecer... ganhar vida,
Quer saber a causa de sua existência
O porquê de tanta turbulência.
Sentiu aquele corpo estremecer
Correu forte ao longo da face magoada...
Viu-te finalmente aparecer
Sentiu-te a causa desta dor toldada.
Agora já não há retorno
Tombou inerte cara fora
Deixou atrás um olhar sem contorno
Que alberga uma alma que por ti chora.
Espera inerte outra lágrima curiosa
Que com ela corra em triste união,
Escorra no mesmo rosto desgotosa
E partam juntas desfeitas de ilusão.

Garça Real








46 comentários:

Márcio disse...

A tristeza não se esconde dentro do coração... e o ser actor só está ao alcance de alguns!
Todos nós choramos... e a facilidade com que isso aconteça, nada pode contrariar!
Gostei muito do poema

Reflexos da Alma disse...

Minha Querida Garça !!!

Mais um Belo Poema ...mas sempre pintado de tristeza ...

"...Deixou atrás um olhar sem contorno
Que alberga uma alma que por ti chora...."

Saliento esta parte que gostei muito ...

Um Beijo Grande te deixo !!!

Lu@r disse...

Deixa escorrer essa lágrima pelo teu corpo, quero sentir o seu sabor... No teu olhar existe a espera de um beijo meu.

Por isso...

Estou aqui para te dar e ficar neste desejo de ti. Hoje adormeço junto a ti.

Beijo grande e terno

Dreamaster disse...

Bem, isso só pode ser influncia deste tempo triste e nublado ;)


Bjs
D.

MEU DOCE AMOR disse...

Que tal irmos dançar para animar?

Lindo como sempre.

Beijinho doce:)

MEU DOCE AMOR disse...

Na disco mesmo.

MIMO-TE disse...

Lindo este poema, lindo mesmo, não me importo com a lágrima essa tem que cair, agora a beleza de como escreves essa sim é divinal. Estou mesmo encantada.
Parabéns!

multiolhares disse...

Por vezes para apaziguar o coração
As lágrimas precisam de jorrar

Beijinhos ternos
luna

Sol da meia noite disse...

Deixa que as lágrimas caiam...
Para isso existem... para aliviar a dor...

Beijinho!

C Valente disse...

lágrimas, não haja alegria
saudações amigas

Dias disse...

Poderoso o conteudo, quase palpavel nos ritmos.

Beijo forte

Dreamaster disse...

Ve lá se passas tb pelo meu blog principal ;)


Bjs
D.

Fallen Angel disse...

Que as lágrimas sirvam para, no minimo, te fazerem escrever assim..

Lu@r disse...

Quero-te permanentemente...

Beijo nesses lindos lábios

poetaeusou . . . disse...

*
lágrimas
de ilusões lavadas
no lago real
*
ji
*

markus disse...

Lindas as tuas palavras. A vida tb é feita de lágrimas, de dores e ate de ilusões, só temos de o saber aceitar e ultrapassar."Meu pensamento á solta
É nuvem que vai errando...". Bom resto de semana. Bjos**

Som Do Silêncio disse...

Minha querida, até as lágrimas por vezes temos de deixar jorrar...
Um Beijo Sereno

Rui Caetano disse...

O poema é de uma beleza singular. a Imagem daquela lágrima a cair do olhar singelo da mulher é de muita originalidade.

Murmurios disse...

Esboços amarelecidos pelo tempo
De um passado ainda presente

Com a química das minhas lágrimas numa bela melodia
O tinteiro da melancolia sentida enchi

Beijos amiga

Dreamaster disse...

Olá menina, ajuda a divulgar o video q coloquei no blog do Comentador.

Bjs
D.

*©õllyß®y disse...

A tristeza trás sempre uma lagrima mesmo que seja sorrateira...que seja um só momento...

Doce beijo

Um Momento disse...

Lágrima que rola
Rosto por ela acariciado
Sentida na alma
Ditada do coração

No teu lago mergulho
Na tua lágrima um beijo dou
(*)

Alexandre disse...

Sublime o teu poema, com rimas que não são fáceis de encontrar mas que encaixam na perfeição e tornam muito belas as tuas palavras... mesmo em jeito de lágrima!!!

Muitos beijinhos!!!

MEU DOCE AMOR disse...

Hummmm...

Bom...

Beijos

Palavras ao vento disse...

Minha querida Garça,

Mas que lágrima teimosa essa... Que fez descrever um lindissimo poema...

Que ela... baile suavemente no teu Lago...

Beijinhos da

Maria

MEU DOCE AMOR disse...

Um beijinho doce

POETA VAGABUNDO disse...

chora....mas depois sê feliz...
beijo vagabundo

Eärwen Tulcakelumë disse...

Palavras sempre belas neste teu lago real!

Pérolas incandescentes de luz.

Eärwen

Alice Matos disse...

Só quem, algures nesta vida, já perdeu a capacidade de chorar assim... entende a beleza destas tuas palavras...

Beijinhos grandes...

Carlos Ramos disse...

Regressar ao teu lago e ás tuas águas.Regressar ás tuas palavras...

Bj.

C Valente disse...

Boa noite e bom domingo
saudações amigas com um beijo

Fernanda e Poemas disse...

Minha querida Garça, grata pela tua visita ao Fernamda-Reflexões.
Fiquei muito feliz.
Bom Domingo.
Beijinhos
Fernandinha

O Profeta disse...

Um lágrima contém tanta dor...a incerteza, mas às vezes a esperança que a manhã transporte um novo sol...


Doce beijo

MEU DOCE AMOR disse...

Um beijo

Porque Te Amo disse...

lágrimas são sempre
teimosas
toldadas na face
de um amor crente...

uma sobre o teu lago...

1beijo... assim... entre pianos

sveronica disse...

Ai, essa tristeza que trazemos nos olhos, as vezes se desnuda numa lágrima...

Um beijo pra ti

Menina do Rio

Um Momento disse...

Ao teu lago vir ver o sol nascer
Os bons dias te desejar
Num carinho, sorrindo ,te ofertar
Uma mão cheia de Miminhos te entregar
Um a um com Amizade
Sorrindo-te deixo um beijo
Para o teu dia alegrar:))
Dia muito lindo
(*)

Lu@r disse...

Para alegrar o teu dia deixo um beijo acompanhado pela brisa da manhã.

poetaeusou . . . disse...

*
passei, aqui . . .
*

rosa dourada/ondina azul disse...

As lágrimas muitas vezes aliviam alguma tensão interior, e melhor nos sentimos depois...

Beijinho para ti,

Luz&Amor disse...

Passando pr deixar a ti um beijo e bons desejos pra semana. Que sejam então, lágrimas de alegria por vez.
Beijos

arealmar disse...

Existem lágrimas que temos de abrir a porta
beijos

MEU DOCE AMOR disse...

Hummmmm...sei não!

Beijo doce....hummmmmmm...

Lu@r disse...

Deixo um suave beijo terno para melhor adormeceres

Lu@r disse...

Um suave beijo pela manhã sabe bem, não sabe?

Maria Clarinda disse...

Lindo e profundo este teu poema!
Adorei.
Jinhos mil