sexta-feira, 6 de julho de 2007





Sinto-te tão perto...Quero amar-te...
Vejo-te ali à minha mercê
Estendo as mãos, quero tocar-te...
Toco o infinito, toco a eternidade
Volto a olhar, volto a ver-te
Sorris, acenas, fico estática
Serás realidade?
Corro para ti, fico apática
Afinal onde estás?
Estou confusa...estou dormente...
Olho à volta numa incessante procura,
Não te encontro, sinto-te ausente
Que tórrido amor...
Sem ti presente.

GarçaReal




37 comentários:

Mário Margaride disse...

Olá Clarinda,

Belo poema!

"Estou confusa...estou dormente...
Olho à volta numa incessante procura,
Não te encontro, sinto-te ausente
Que tórrido amor...
Sem ti presente."

Querida amiga:
O amor ausente, mas presente
Doi mais
Que a ausência do próprio amor

Beijinhos

Mário Margaride disse...

Desculpa querida amiga...

Ando mesmo a dormir. Mil desculpas GARÇA! Agora não me enganei.
Sabes o que foi! Tinha estado a comentar o blog da Clarinda, e predi-me!

Compreendes, não comprendes?

Desculpa...

Beijo grande.

GarçaReal disse...

Amigo Mário , mas é claro que compreendi...Não passou de uma brincadeira.
bjgrande

poetaeusou disse...

*
estou confuso
entre a bruma
distingo o lagoreal
aperto-me dele
e cisnando
cinjo - te
minha garça ...
... real,
*
xi
*

efeneto disse...

Mãos que almejam
alcançar o infinito
amor que buscamos
em um cantar mais bonito...

por vezes a ausência do amor é o caminho para o reencontro com o próprio amor...um beijo amigo e obrigado pela sua visita...

Reflexos da Alma disse...

Minha Linda e Querida Garça !!!

Lindo Poema !!!

É caso para dizer :
O alvo deste teu Amor, só pode ser alguem com muita .... Magia !!!

Um Beijo Grande e Bom fim de Semana !!!!!

Dreamaster disse...

Bom fim de samana :)

Bjs
D.

Entre linhas... disse...

O alvo do amor está bem presente e patente :)))

Bom fim de semana
Bjs Zita

A.S. disse...

Ocultas de ti as próprias mãos
para que não fujam
apressadas
em busca desse amor ausente!...


Um terno beijo!

o alquimista disse...

Será que o fogo que me assalta o peito, é deslumbramento, gerado de dor consentida ou apenas um vestido de rubra lava, tecido nas profundezas, liberto no meio da ilha?! Agitam-se as águas do tempo, aprisionado mar numa gota de sal azul, oceano de mil contradições, espesso aroma de brisa do sul.


Bom fim de semana


Doce beijo

gasolina disse...

Eu que ou muito dada a pesadelos no pouco que durmo, quantas e quantas vezes esse teus versos em mim sonhos maus já me atravessaram a noite?!
Porém, na ponta da tua pena parecem belos.

Um grande beijinho, Real Garça.

MEU DOCE AMOR disse...

Está no teu coração.O Amor está sempre aí em ti.E no teu sorriso,quando o sentes.

Bem bonito.

Beijinho doce:)

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Passei por aqui, para te desejar um lindo fim de semana.

E dar-te um terno, e doce beijo...

Bia disse...

um poema cheio de "trocadilhos" perfeito nas emoções e no sentir.
Quem já não se sentiu assim?
beijo

Porque Te Amo disse...

vim beijar o lago e delitar-me com as tuas palavras...
bom fim de semana

1beijo... assim... entre pianos

Porque Te Amo disse...

onde se lê "delitar-me" deve-se ler "deleitar-me"

Maria Valadas disse...

Mais um lindo poema a flutuar no teu lago!

Bom fim de semana

Beijinhos

Maria

Poeta da Lua disse...

o amor não está do outro lado...
o amor está em algum lugar
que não do outro lado...

mas está...

aonde está?
um abraço e um sorriso!

POETA VAGABUNDO disse...

....um beijo vagabundo num lago só teu...
gostei do teu poema...

rosa dourada/ondina azul disse...

Neste lago Real onde o amor está presente,
Fica para ti, um sonho infinito!

Um Beijo,

Kalinka disse...

É hoje o grande dia!!!
Vamos todos saber em quais 7 belezas do Mundo recaem as nomeações, numa festa que se prevê de grande sumptuosidade. Os convidados também são 5 estrelas e, adoraria estar mais perto do Joaquin Cortez, para vibrar com o seu sapateado e não só...
No entanto, seja qual for a classificação final, há um dos monumentos que está a votação, que adoro: o Taj-Mahal, na Índia. Será sem dúvida, um sonho para mim estar ali, fisicamente defronte dele, um dia...o Taj Mahal, será para todo o sempre um lágrima solitária no tempo.

Continuo a divulgar os meus passeios pelo Alentejo, a ultima reportagem fotográfica foi de Moura.

Beijitos.
Bom fim de semana.

poesiadaspiramides disse...

entre o presente e o ausente fica a dor
jinhos

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Se você quiser linkar meu blog no seu eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. (If you speak English can see the version in English of the Camiseta Personalizada. If he will be possible add my blog in your blogroll I thankful, bye friend).

sonhadora disse...

Desejo-te um domingo de sonho.
Beijinhos embrulhados em abraços

AQUALUZ disse...

Para que não fiques confusa,convido-te a mergulhar no mar de todos.
Lindo o teu poema e muito sensivel.

Um beijo

Ramoa disse...

"O amor é fogo que arde sem se ver..."
Podes olhar em volta, revolver mil pedras, mas este sempre esteve no teu peito...
Um beijo

o alquimista disse...

Perdido no tempo o teu coração errante, alma desencontrada da oração, uma flor liberta na brisa uma semente, que secretamente a noite a recolhe na ausência de um coração.


Bom domingo


Doce beijo

Sailing disse...

Belo poema ... deixo-me levar nas tuas asas

Parabens

o alquimista disse...

“O Alquimista” foi nomeado o melhor dos 7 bogues maravilha após votação na blogoesfera, a imensa honra que me invade faz com que distribua esta honra por ti e todos aqueles que me visitam partilhando comigo esta Alquimia das Palavras.




Bom domingo


Doce beijo

Fernando Palma disse...

Sim, um amor também é vivido junto com a ausência.

Na falta, abraçamo-nos na ausência, sentimos a tua amarga-companhia sólida...

Obrigado pela presença agradável em meu espaço.

Um ótimo Domingo!

Gui disse...

Terá sido uma miragem? Não acredito, no amor não há miragens, pode haver é frustração, mas há sempre esperança. Essa a grande força do amor.Um beijo amigo

R Lima disse...

GarçaReal encontrei seu blog passando pelo do Alquimista e gostei do que vi.

Bela poesia.. de fins práticos.. "que tórrido amor... sem ti presente"


Abraços e,

Em tempo, estou divulgando meu blog... Estou numa seqüência de 12 dias e 12 textos até o dia 12/07.. passa por lá.. o AveSSo agradece.


[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Porque Te Amo disse...

boa semana ;)

1beijo... assim... entre pianos

Mário Margaride disse...

Olá Garça,

Passo, para revisitar este belo poema.

Edesjar-te uma óptima semana.

Beijinho

Um Momento... disse...

Sente... assim saberás...onde está
Sentirás... a sua presença

Belo...

Um sorriso e um beijo
Bom dia (",)

poetaeusou disse...

/
um beijo
.
deixo
/

markus disse...

"Se não sabes quem é Deus... Tenta compreender e visualizar o significado de Infinito!..."
Bonito poema, parabéns.

Um bom dia e boa semana ***