sexta-feira, 13 de julho de 2007




O amigo Mário do "Canto Poético" desafiou-me a transcrever do livro que tenha mais próximo, a 5ª frase da página 161.Estou a reler"A Insustentável Leveza do Ser"de
Milan Kundera.
A frase é a seguinte:
-É preciso ver as coisas como elas são!O meu artigo apareceu misturado com outras cartas.Niguém deve ter reparado nele.


Agradeço novamente ao amigo Mário e ao amigo Poetaeusou que me agraciaram com os " MomentUS de Excelência". Mais uma vez me sinto lisongeada.
A todos que me visitam, ofereço estes "MomentUS".


É LOUCURA:

__ Entregar rodos os teus sonhos, porque um deles não se realizou.....

__ Jogar fora todas as chances de ser feliz, porque uma tentativa não deu certo...

__ Condenar todas as amizades, porque uma te traíu...

__ Odiar todas as rosas , porque uma te espetou.....




6 comentários:

Josse disse...

Nossa, que mergulho profundo pude fazer em teu lago hoje. Emudeceu-me diante de tantos fatos passados. Mas, realmente, cada caso é um caso.

Bjs e boa sexta-feira 13.

sonhadora disse...

Desejo-te um bom fim de semana.Deixo-te uma maré de beijinhos embrulhados em abraços.

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Tu mereces estes miminhos todos.

Bom fim de semana

Grande beijinho!

gasolina disse...

Garça,

Tenho o maior prazer em oferecer-te um miminho que está no meu canto.

Beijinhos.

Alice disse...

Por todos os excelentes momentos que já passei aqui... cheguei tarde, mas junto aos outros amigos este selo (passa pelo Detalhes, sim?)...
Beijinho...

Um Momento... disse...

Merecidissimos

Cá estou eu a mergulhar no teu lago
trasgo Felicidade estampada
Obrigada , muito obrigada

Um beijo enorme ... em ti(*)